A Petrobras (PETR4) encabeça a lista dos maiores prejuízos entre 582 companhias de capital aberto da América Latina, segundo levantamento da Economatica.

Conforme a apuração, a petroleira registrou perda de US$ 9,4 bilhões (R$ 51,5 bilhões).

A companhia diz acreditar que o prejuízo se deu por conta da redução do consumo de combustíveis no mercado interno.

Já este foi um reflexo das medidas de isolamento social e da diminuição da atividade econômica.

Também devido às provisões realizadas para cobrir o plano de demissão voluntária proposto aos funcionários.

Petrobras (PETR4): justiça extingue ação de hipoteca judiciária da Previ
Petrobras (PETR4): justiça extingue ação de hipoteca judiciária da Previ

PETR4: reavaliação de ativos

Outro fator que incidiu no resultado da Petrobras foi a reavaliação geral realizada nos ativos, como os campos de petróleo, para adequá-los às novas expectativas para os preços internacionais do produto no longo prazo, inferiores aos previstos antes da pandemia.

Para a petroleira, ainda que a perda tenha sido compensada em parte com o impacto da alta do dólar nas exportações, mesmo com a queda no volume exportado, o prejuízo acumulado pela Petrobrás no fechamento do semestre foi colossal.

Veja PETR4 na Bolsa:

Petrobras (PETR4): justiça extingue ação de hipoteca judiciária da Previ
Petrobras (PETR4): justiça extingue ação de hipoteca judiciária da Previ
Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: