IPO: empresas que desejam acessar a bolsa seguem firme e lista ganha três novos interessados

Todas se listarão no Novo Mercado

Três empresas anunciaram ontem o início de oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês): a rede hospitalar Kora Saúde; a Boa Safra Sementes e a Infracommerce CXAAS, de soluções para comércio eletrônico. Todas se listarão no Novo Mercado.

De acordo com o Valor Econômico, a Kora Saúde fixou uma faixa indicativa de preço para suas ações entre R$ 11,20 e R$ 15,50. Considerando o ponto médio do intervalo de preço sugerido (R$ 13,35), a operação poderá alcançar R$ 1,68 bilhão – 100% desses recursos serão em colocação primária, ingressando no caixa da empresa.

Além disso, a operação também poderá contemplar uma venda secundária de ações, na eventual colocação de lotes de ações adicionais e suplementares. Nesse caso, a oferta poderá girar mais R$ 588 milhões e alcançar R$ 2,25 bilhões.

O fundo de private equity H.I.G controla a empresa com 75% do capital. Considerando a diluição com a oferta primária, a fatia do fundo descerá para 57%. Se sair a venda secundária, cairá para 51,4%. Um grupo de acionistas pessoas físicas poderá vender ações na oferta.

IPO: empresas que desejam acessar a bolsa seguem firme e lista ganha três novos interessados
Como investir com pouco na B3

IPO

Segundo o jornal, a Kora se descreve como líder em seus mercados de atuação: Espírito Santo, Tocantins e Mato Grosso, e quer replicar seu modelo de negócio em todas as regiões do Brasil, fora do eixo Rio-SP. A oferta deverá ter seu preço fechado dia 28 de abril. A operação é coordenada por Itaú BBA, J.P. Morgan, Bradesco BBI, Santander, XP e UBS BB.

A Boa Safra Sementes fará uma oferta menor, que deverá movimentar R$ 454,545 milhões, considerando o meio do intervalo de preço sugerido, que varia de R$ 9,90 a R$ 12,60. Os recursos vão para o caixa da empresa e o preço deverá ser definido dia 27 de abril.

Com mais de 40 anos e atuação em Estados que representam 80% do território nacional, a Boa Safra diz ser líder de mercado, com cerca de 6,5% de market share. A operação é coordenada por XP e UBS BB.

Bolsa: IPO

Conforme o periódico, a Infracommerce CXAAS pode levantar cerca de R$ 1,982 bilhão – novamente com o cálculo considerando o meio (R$ 25) da faixa de preço sugerida que vai de R$ 22 a R$ 28. A oferta será primária e também secundária, quando acionistas atuais vendem parte de suas fatias. A precificação será em 27 de abril.

A Infracommerce diz ser referência em digitalização para B2C e B2B na América Latina. Os recursos vão majoritariamente para aquisições.

O Itaú é o coordenador líder da oferta, ao lado de BTG, Goldman Sachs e Morgan Stanley. Os principais acionistas são fundos: IGVentures, e.Bricks Coinvestment, Flybridge Capital Partners, Transcosmos e Arrow Treasure.

  • Só clique aqui se já for investidor

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais