A Embraer (EMBR3) reportou queda de 77% no segmento de aviação comercial, ao registrar R$ R$ 563,9 bilhões no segundo trimestre de 2020 frente igual período do ano anterior.

O balanço da companhia foi divulgado nesta quarta-feira (5).

A empresa reportou prejuízo líquido de R$ 1,683 bilhão no trimestre, revertendo resultado positivo de R$ 26,1 milhões em igual período de 2019.

Grande parte do prejuízo deveu-se a despesas pontuais, disseram executivos em teleconferência realizada também nesta data.

O Ebitda (lucro antes do IR, contribuição social, resultado financeiro e amortização) para o segundo trimestre sofreu forte recuo. Passando de R$ 259,6 milhões no segundo trimestre de 2019 para negativo em R$ 1,15 bilhão um ano depois.

Já a receita líquida apresentou retração na comparação anual. Entre abril a junho de 2020, a companhia registrou uma receita de R$ 2,86 bilhões. Isso representa uma queda de 47% sobre igual período de 2019, com R$ 5,4 bilhões.

A empresa encerrou o período com posição de dívida líquida de R$ 9,86 bilhões. Os números representam um crescimento sobre a dívida líquida do primeiro trimestre de 2019, com R$ 6,9 bilhões.

Veja EMBR3 X Ibov em 6 meses:

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: