A Sul America (SULA11) reportou lucro líquido de R$ 498,3 milhões no segundo trimestre de 2020, alta de 91% sobre um ano antes.

Já o lucro das operações continuadas totalizou R$ 398,7 milhões, aumento de 83,4%.

A receita operacional no trimestre teve alta bem menor, de 5%, a R$ 4,79 bilhões, com o aumento de 6,2% da principal linha de negócios, saúde e odontológico, compensando o declínio em segmentos como gestão de recursos, previdência, e de vida e acidentes pessoais.

O balanço da companhia foi divulgado na noite desta quarta-feira (5).

SulAmérica (SULA11): lucro líquido salta 91% no no 2TRI
SulAmérica (SULA11): lucro líquido salta 91% no no 2TRI

SULA11: resultados

O resultado financeiro caiu 39%, a R$ 69,9 milhões, refletindo a queda da carteira de investimentos, fruto da queda do juro e dos ativos de renda variável.

Um efeito da pandemia, as medidas de isolamento social, acabou tendo impacto momentaneamente positivo no resultado da empresa, a redução na sinistralidade “em função da temporária e significativa redução de frequência de procedimentos eletivos e não urgentes (consultas, exames e cirurgias)”.

Já o índice que mede a sinistralidade mostrou queda de 11,7 pontos percentuais, para 69,1%.

SULA11: negócios

A Sul América concluiu em julho a venda dos negócios de seguros de automóveis e massificados para o Grupo Allianz, por R$ 3,2 bilhões.

Desta forma, essas operações foram reportadas e analisadas como operações descontinuadas no balanço do segundo trimestre.

A companhia calcula que a venda do negócio trará um lucro líquido extra de R$ 1,4 bilhão em 2020.

Veja a SULA11 na Bolsa:

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: