A Braskem (BRKM5) registrou prejuízo liquido de R$ 2,42 bilhões no segundo trimestre de 2020 contra os R$ 57 milhões de lucro em igual período do ano anterior.

A petroquímica foi fortemente afetada pelos impactos da pandemia do novo coronavírus acrescido de um dano ecológico em Alagoas, além de pressão financeira devido ao dólar.

O Ebitda (lucro antes de impostos, juros, depreciação e amortização) recorrente somou R$ 1,655 bilhão, alta de 2% ano a ano.

O balanço da companhia foi divulgado na noite desta quarta-feira (5).

Braskem (BRKM5) registra prejuízo de R$ 2,5 bi no 2TRI
Braskem (BRKM5) registra prejuízo de R$ 2,5 bi no 2TRI

BRKM5: resultados

No primeiro trimestre de 2020 a empresa havia registrado prejuízo líquido de R$ 4,06 bilhões.

A empresa tinha no fim de junho exposição líquida em moeda estrangeira no montante de 2,85 bilhões de dólares.

O balanço traz ainda uma provisão adicional de R$ 1,6 bilhão referente a um fenômeno de afundamento de solo em Maceió, onde a empresa tem operações.

A companhia também reportou queda nas receitas em função da desaceleração econômica global desde março com a emergência da pandemia.

Com isso, a receita líquida no trimestre, de R$ 11,2 bilhões, foi 16% menor do que um ano antes.

Veja BRKM5 X Ibov em 6 meses:

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: