O Banco Pine (PINE4) registrou lucro líquido de R$ 3,2 milhões no segundo trimestre de 2020.

Com isso, a companhia reverteu o prejuízo do segundo trimestre de 2019, quando marcou R$ 29,9 milhões negativos no período.

Na comparação com o segundo trimestre de 2019, o incremento no resultado é decorrente, principalmente, do crescimento da Margem Bruta, especialmente devido às operações da Tesouraria.

Também por conta da redução no custo de crédito e à manutenção do patamar de despesas operacionais, com destaque para a redução de 22% nas despesas administrativas.

O balanço da companhia foi divulgado na noite desta quarta-feira (12).

PINE4: retomada econômica

CEO do Banco Pine, Mauro Sanchez diz acreditar na retomada econômica no pós-pandemia.

Para ele, boa parte da volta será alavancada pela transformação digital pela qual as empresas estão passando.

“Eu dividiria em duas etapas: entre março e abril as empresas focaram em administrar o momento e, nesse caso específico, nos surpreendemos com a maturidade do mercado financeiro brasileiro que prontamente foi assistido com ações de liquidez e capital”, destacou Sanchez. Segundo ele, após essas ações os bancos apresentaram uma expansão do crédito.

Veja PINE4 na Bolsa:

https://www.youtube.com/watch?v=7rl9fy68wL0
Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: