Lucas Pit é o fundador do canal Pit Money, onde fala sobre investimentos, mostra sua carteira e auxilia quase 300 mil inscritos em como investir melhor e cuidar do dinheiro de forma consciente e benéfica.

Além disso, Pit Money também é sócio do Inside App, aplicativo disponível nas versões web e para celulares também. O Inside App auxilia o investidor em como investir, quais ações é hora de entrar ou sair, além de relatórios sobre investimentos da renda variável.

Pit Money

Pit Money participou de uma série de dois vídeos com o Financista do Canal 1Bilhão Educação Financeira, Fabrizio Gueratto. Neles, Pit abriu sua carteira de investimentos e mostrou exatamente onde está alocada a sua fortuna.

Desde Fundos Imobiliários até diversas ações, que além de possuir, também recomenda no Inside App, que disponibiliza carteiras de investimentos.

No segundo vídeo no Canal 1Bilhão Educação Financeira, Lucas Pit contou o que acha que pode ter valorização no ano de 2020 e no que o Economista, por formação, está de olho, além do que ele não investe e não pensa em entrar.

Sinqia (SQIA3), SLC Agrícola (SLCE3) e Santos Brasil (STBP3)

“Pit Money, conta para gente o que você acha que pode dar uma porrada em 2020”, questiona o Financista do Canal 1Bilhão Educação Financeira, Fabrizio Gueratto.  Lucas Pit explica que na Inside App eles contêm uma carteira recomendada. “Com essa carteira a gente consegue perceber que normalmente, essas grandes porradas que ocorrem, são de Small Caps. Isso se dá por conta de ela ser pequena e o mercado grande. Portanto, se pegar o mercado bancário, por exemplo, já está conhecido, pois todo mundo conhece o Itaú, Bradesco e Santander, entre muitos outros disponíveis no Brasil hoje. Já as Small Caps podem “porrar” por ter muito do mercado para entrar. Então, três ações que estou de olho em 2020 Small Caps que eu acredito ter um grande potencial de valorização”, explica Pit Money. Dentre as ações que Lucas Pit e a Inside App estão de olho, estão presentes: Sinqia (SQIA3), SLC Agrícola (SLCE3) e Santos Brasil (STBP3).

Small Caps

“O que eu sinto do brasileiro, principalmente quem começou a investir agora, é que acabam só comprando empresa pensando numa grande valorização, que foi o que ocorreu com a Magazine Luiza, mas isso já foi. Mas, a grande porrada ela vem do risco, quem mais arrisca, mais recebe. Por exemplo, Small Cap é um risco e por isso, eu só tenho uns 7% na carteira e eu acredito que o ideal seja ter menos de 10%. Por isso eu sempre digo: ganância não, ambição sempre”, explica Lucas Pit do Canal Pit Money, em entrevista ao Canal 1Bilhão Educação Financeira.

O Financista Fabrizio Gueratto pergunta ao Economista sobre o Joesley Day, quando Pit Money ainda era trader e perdeu grande parte de seu montante com a queda das ações.

“Eu fui trader durante cinco anos e eu comecei acertando muito, isso se deu por conta de eu ter estudado muito. Mas, quando você a acertar, a corretora começa a te emprestar dinheiro com os juros zero, que é chamado de carta de fiança. Com isso, eu fui começando a receber muita carta de fiança e alavancar muito, então eu estava passando por acertos atrás de acertos, estando já no quarto ano de operação, sendo que destes somente um ano havia sido negativo, mas teve ano em que consegui ganhar R$ 500 mil. Porém, na hora que vem a porrada, você já está grande e aquilo acabou me afetando bastante, além de você acabar não tendo uma vida, pois vive só para aquilo, ocorre também um motivo que te impede de fazer o controle de risco, pois quando melhor você, mais dinheiro você tem. Mas, isso não é um dinheiro seu, é um dinheiro que você pegou emprestado. Portanto, eu vejo o trader como uma profissão muito difícil, e hoje, eu não faria”, diz. Pit Money comenta que no Joesley Day perdeu R$ 150 mil em um minuto.

“No dia do Joesley Day, eu acordei, entrei no Home Broker, vi que estava menos R$ 150 mil, peguei meu carro e fui na concessionária vender meu carro”.

Leia também: “17 AÇÕES FAVORITAS do PIT MONEY – Itaúsa (ITSA4), Fleury (FLRY3), Embraer (EMBR3), Ambev (ABEV3)?”

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: