O trader é um profissional do mercado financeiro que busca rentabilidades dentro de prazos curtos, buscando acompanhar e tirar proveito da volatilidade do mercado, comprando e vendendo ações na Bolsa de Valores.

Day Trade

O trader pode comprar ações e vender no mesmo dia ou então segurar até o momento mais interessante de realizar a venda. No caso de comprar e acabar vendendo em um só dia, denomina-se esses investidores como day traders.

Profissionais dessa área necessitam de muita atenção, além de alinhar o emocional, pois é possível ganhar ou perder muito dinheiro em um curto espaço de tempo, como questões de minutos, por exemplo.

Riscos de ser Trader

Para entender melhor os riscos da profissão e quais os erros mais comuns, além de onde se atentar, o Canal 1Bilhão Educação Financeira convidou o Estrategista-Chefe do Grupo Laatus, Jefferson Laatus, para uma entrevista exclusiva sobre o assunto.

Laatus

 Jefferson Laatus, além de Estrategista-Chefe, é também o Sócio-Fundador do Grupo, que conta com uma área educacional de profissionalização para traders, coworking com cerca de 60 posições para os profissionais operarem, e um dos maiores eventos do mercado financeiro, o Laatus Summit.

“Acredito que a Laatus seja, acima de tudo, uma área educacional, uma escola para quem quer viver do mercado financeiro. Por isso, é importante preparar esses alunos, principalmente para que sejam capazes de lidar com os dias em que ocorrem as perdas”, comenta Laatus.

Mantenha os pés no chão!

Jefferson explica que as pessoas olham para o mercado financeiro e só enxergam o dinheiro, mas existe uma coisa que o mercado possibilita, que é o tempo. “Isso é uma coisa que eu dou muito valor, tanto no mercado financeiro quanto em empreender em qualquer área”, diz Fabrizio Gueratto, Financista do Canal.

Gueratto questiona então quais os principais erros que Jefferson enxerga no trade. “Acho que o principal é colocar mais dinheiro do que ele realmente tem capacidade de gerenciar”, dispara o Estrategista-Chefe.

“Tem gente que coloca tudo o que tem e acaba se traumatizando com o mercado. Eu cometi esse erro no começo e isso me custou tudo o que eu tinha construído na minha antiga profissão”, explica Laatus.

Investimento não é cassino

O Sócio-Fundador diz que as pessoas que entram no mercado financeiro pela primeira vez têm o azar de ter sorte, o que faz com que não conheçam de fato o mercado, acabam acreditando em uma coisa que não é normal, então quando algo acontecesse e essa pessoa acaba perdendo dinheiro resulta em colocar ainda mais dinheiro até tentar recuperar e isso pode não acontecer, portanto, o mercado financeiro pode se tornar um cassino.

Fabrizio pergunta, em média, quanto tempo demora para que uma pessoa faça do trader uma profissão. “Eu nem vou usar a minha experiência como sabe, pois acabei demorando muito. Mas, normalmente, os alunos da Laatus, por exemplo, demoram de 2 anos a 4 anos. Em 2 anos já existe bastante gente que consegue viver de mercado, mas claro, não enriqueceu. E, eu digo essa média de tempo por conta de uma graduação normal. Já que em qualquer lugar, faculdade, curso, mercado de trabalho, é assim, no trader não poderia  ser diferente”, ressalta Jefferson Laatus, Estrategista-Chefe e Sócio-Fundador do Grupo Laatus.

Leia também: “TRADERS – POUCOS CONSEGUEM SOBREVIVER NEGOCIANDO NO MERCADO FINANCEIRO”

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: