No começo de 2019 a internet se voltou para falar somente de um assunto um tanto esquecido e distante de grande parte da população brasileira: investimentos. O alvoroço se deu após uma arrojada campanha da casa de análises Empiricus, onde mostrava a jovem Bettina de, até então, 22 anos, que alcançou o seu primeiro milhão com vinte e poucos anos e investindo em ações, através das recomendações do CEO da Empiricus, Felipe Miranda.

Bettina

Foi em março deste ano que Bettina Rudolph, funcionária da Empiricus, virou febre nas redes sociais e mídias digitais e tradicionais. Grande parte do país foi atingida pelo rápido anúncio antes dos vídeos do YouTube e os telespectadores se perguntavam como Bettina Rudolph havia conseguido se tornar milionária com um salário de R$ 1.500.

Bettina Rudolph é formada em Administração e pediu um emprego na Empiricus aos 19 anos, através de um e-mail para o próprio CEO Felipe Miranda.

Empiricus

Recentemente, Bettina voltou a ser assunto no Brasil, mas dessa vez com um velado pedido público de desculpas e oferecendo um curso sobre sua jornada milionária, onde ela conta a própria experiência. Para entender melhor toda a repercussão e, de fato, onde Rudolph investe e como fez sua fortuna, o Canal 1Bilhão Educação Financeira foi até a sede da Empiricus para uma série de dois vídeos com Bettina Rudolph, um dos nomes mais comentados de 2019.

“Bettina, você acabou de lançar um vídeo pedindo desculpas, que, como já era esperado, não deu tanta repercussão quanto o primeiro, mas não demorou muito tempo para você vir a público falar sobre o assunto?”, pergunta o Financista do Canal, Fabrizio Gueratto. A jovem conta que o pedido de desculpas veio exatamente 6 meses depois.

“Sabe quando você faz algo errado quando era criança e os seus pais te colocam de castigo para pensar? Então, foi mais ou menos isso o que aconteceu. A gente assumiu um erro, que mesmo sendo uma história verdadeira, tudo o que eu falei ali de fato aconteceu, mas é uma história que não ocorre toda hora.

Pedido de desculpas da Empiricus

Porém, ali a gente não quis passar a imagem de que era fácil ganhar dinheiro, mas identificamos que ocorreu um erro e que podíamos ter passado a mesma mensagem de uma outra forma, ou seja, todo aquele anúncio podia ter sido melhor estruturado”, comenta Bettina. Ela explica que na verdade o anuncio era para chamar para um curso de educação financeira gratuito.

Mudanças

“Depois de toda a polêmica algumas coisas acabaram mudando na Empiricus. Como uma área de compliance que é referência hoje. Além disso, aquele anuncio, eu gravei e ele já foi ao ar, simples assim. Hoje, isso é uma coisa que não acontece mais, de jeito nenhum, já que as gravações passam por diversas pessoas para que não ocorra nada parecido novamente.

Junto de todas essas medidas, começamos a colocar diversos alertas de riscos, então não ocorre mais de anúncios da Empiricus serem publicados sem deixar bem claro que retorno passado não garante retorno futuro, por exemplo”, dispara Bettina Rudolph. Ela conta que hoje a Empiricus está passando por uma nova fase e até por isso o pedido de desculpas demorou 6 meses, para que eles pudessem entregar algo para o público e não somente um pedido de desculpas vazio.

“Resumindo, você foi um divisor de águas na Empiricus. Existe um antes da Bettina e um após. Isso é super claro”, comenta o Financista do Canal 1Bilhão Educação Financeira.  Bettina conta que quando começou, quando as pessoas começaram a falar e se tornou assunto, a polêmica já existia fazia um tempo.

Repercussão

“De fato, tudo começou 10 dias antes do grande boom. Mas, tudo isso já acontecia nas campanhas do Felipe Miranda. Então nesse início do meu anúncio começou a rolar a mesma coisa, o que era normal e esperado. Mas, de repente, um dia eu acordei e eu estava em diversas mídias, Veja, Folha, tv e na internet nem se fale então. A cada 5 minutos eu recebia alguém comentando sobre mim no Twitter ou alguém vinha aqui na minha mesa da Empiricus para me contar onde eu havia saído”.

Ela diz que no começo estava acontecendo uma onda de notícias e que após isso surgiram as críticas e começaram a falar de forma negativa, juntamente com os julgamentos. “Dois dias depois de toda a polêmica era como se o mundo estivesse falando de mim, foi quando eu senti o efeito, foi um baque mesmo. Era como se eu estivesse pelada na Avenida Paulista, me sentia completamente exposta”.

“Eu acabei me preocupando muito mais com Empiricus do que comigo. Por exemplo, do que estão falando da Empiricus, como os funcionários estão se sentindo, o que estavam falando na roda de amigos deles”, conta Bettina Rudolph.

Onde ela investe?

O Financista do canal diz que não se lembra de ter se falado tanto de educação financeira e de investimentos como naquela semana. “A gente pegou os dados de busca do Google, em relação ao assunto, e de fato, nunca ocorreu um pico tão alto em tão pouco tempo sobre esse assunto”, explica Rudolph. Bettina também conta que depois de ter entrado na Empiricus foi recomendado que não adquirisse mais ações, somente fundos e que continuasse com as ações que já tinha.

“Hoje, parte do meu dinheiro de ações, da porcentagem que eu separo para isso, está em fundo de ações. Além disso, eu sigo as recomendações da Carteira Empiricus. Atualmente, tenho cerca de 40% do meu patrimônio em renda variável, ou seja, em Bolsa de Valores. Mais 40% em renda fixa e o restante está alocado em ouro, dólar e um pouco em criptomoedas, para que seja possível ter uma segurança extra”, conta Bettina Rudolph.

Leia também: “EMPIRICUS É CONFIÁVEL? BETTINA pede DESCULPA”

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: