Pix ficará disponível em aplicativos de mensagens e compras; saiba como vai funcionar

O novo serviço só estará disponível em instituições financeiras que fazem parte do Open Banking

Nesta quinta-feira (23), o Banco Central divulgou uma ampliação na função do Pix, sistema de pagamento instantâneos. A partir de agosto, as transações poderão ser realizadas em aplicativos de mensagens e redes sociais.

Por certo, apenas as instituições financeiras que fazem parte do Open Banking (sistema de compartilhamento de dados) oferecerão esse novo serviço.

Novos serviços do Pix

Em resumo, o serviço de movimentação de dinheiro em contas bancárias que era apenas disponível no aplicativo ou no site dos bancos, agora pode movimentar em diferentes plataformas. 

Isto é, depois da nova atualização, os pagamento estarão disponíveis em outras instituições. Além disso, esta possibilidade de transação pode ocorrer por meio de aplicativos de mensagens e nas redes sociais.

Assim como, de acordo com o Banco Central, quando o cliente realizar uma compra online, ele já vai cair em uma página de pagamento da transação no aplicativo do seu banco. Logo após, o cliente automaticamente é encaminhado de volta ao site ou aplicativo de compra.

Pix ficará disponível em aplicativos de mensagens e compras; saiba como vai funcionar
Banco Central anuncia nova função do Pix

Regras do Pix

Para a implementação do novo serviço, o Banco Central estabeleceu requisitos técnicos e procedimentos operacionaisPortanto, a iniciação ocorre quando a instituição financeira responsável pela transação é diferente do banco da conta do cliente pagador.

Posto que, as instituições necessitam de tempo para implementar os novos serviços e efetuar ajustes nos sistemas para cada forma de pagamento no Pix, o Banco Central definiu etapas.

Por exemplo, os ajustes de chave Pix, inserção manual, QR Code estático e dinâmico e diretamente com os dados do recebedor. Desse modo, as instituições financeiras autorizadas poderão exercer a função de iniciadoras de Pix. Além disso, é fundamental que o usuário autorize o compartilhamento de dados. 

A previsão é que a nova modalidade para pagamentos instantâneos comece a funcionar aos clientes a partir de 31 de agosto.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais