Pix Cobrança: 5 dicas para se proteger ao usar o sistema de pagamentos

Assim como outras formas de pagamento, o Pix também enfrenta golpes e fraudes

O Pix é o método de pagamento instantâneo criado pelo Banco Central. Hoje, o uso do sistema já supera o TED, DOC e boletos. Além disso, ele se tornou o modelo de pagamentos com adesão mais rápida do mundo, de acordo com a própria entidade, que apesar de ter sido sua criadora, não é quem o disponibiliza para os brasileiros.

No entanto, assim como outras formas de pagamento, o Pix também enfrenta golpes e fraudes. Sendo assim, vale a pena levar em conta alguns cuidados para evitar cair na mão dos golpistas, que se aproveitam da ingenuidade dos usuários e crescimento recente do sistema para aplicar as fraudes.

Assista então ao vídeo completo para saber como evitar os golpe que envolvem o modelo de pagamentos:

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais