Modalmais (MODL11) fecha segundo trimestre com R$ 26 bilhões sob custódia e crescimento de 137% no lucro

O banco digital apresentou um lucro de 45,9 milhões, superando os resultados do mesmo período em 2020

O Modalmais (MODL11), banco digital brasileiro que oferece serviços de investimentos, divulgou o balanço do segundo trimestre do ano nesta terça-feira (10).

Com isso, a instituição financeira alcançou um lucro líquido de 45,9 milhões, o que equivale a um crescimento de 137,4% em relação aos resultados do mesmo período em 2020. Assim como, um total de R$ 26 bilhões em ativos sob custódia, obtendo uma alta de 87,7% se comparado ao ano passado.

Crescimento do Modalmais

Em síntese, durante o segundo trimestre, o Modalmais teve um crescimento de 36,5% no número de clientes, alcançando mais 1,4 milhão de novos usuários.

“Nossa objetivo é mostrar capacidade não só com resultados financeiros, mas com clientes. Realmente, conseguimos crescer em todas as linhas de negócios, mostrar e confirmar quanto espaço o nosso modelo de negócio tem para crescer”, afirmou Cristiano Ayres, CEO do Modalmais, em videoconferência.

“O ecossistema que estamos montando ao longo do tempo está ligado a educação financeira e assessoria de um lado, e a experiência dos clientes de outro. Toda essa preocupação que temos em cuidar da jornada do cliente, assim como de seu portfólio, tem haver com o que estamos construindo”, completa.

Parceria com o Credit Suisse

O banco digital anunciou, em julho, uma parceria estratégica com o Credit Suisse. Desta forma, foi lançado produtos exclusivos da instituição suíça no aplicativo Modal Premium, que oferece acesso aos melhores e mais atrativos produtos do mercado por meio de um banco 100% digital, tecnológico e seguro, com benefícios e soluções financeiras exclusivas.

Ao todo, são 18 produtos disponíveis ao público. Entre eles, alguns  fundos de investimentos, notas estruturadas e Certificado de Operações Estruturadas (COEs). No entanto, a expectativa da companhia é que esses serviços aumentem para mais de 40 nos próximos meses.

Além disso, o aplicativo Modal Premium deve disponibilizar relatórios e conexões com executivos e economistas do Credit Suisse Brasil. No entanto, para ter acesso, o cliente terá que ter um mínimo de R$ 300 mil em ativos investidos no banco.

Modalmais (MODL11) fecha segundo trimestre com R$ 26 bilhões sob custódia e crescimento de 137% no lucro líquido
Imagem de divulgação cartão Modalmais

Parceria com Eleven Financial

A Eleven Financial Research, empresa pertencente ao Modalmais, divulgou uma parceria estratégica com a Morningstar, companhia global do setor financeiro, com a marca de US$ 10 bilhões em capitalização de mercado.

No entanto, os serviços da Morningstar já estão disponíveis para a Eleven Financial. Assim, oferecendo aos seus clientes uma gama de soluções bem maior em relação a pesquisas globais. Desse modo, inclui cerca de 500 companhias listadas nos EUA, 200 ETFs e diversos fundos de investimentos.

Expectativas futuras

A saber, o principal objetivo do Modalmais é ampliar o ecossistema via parcerias, além de almejar novas aquisições para ganhar escala e aprimorar a experiência dos clientes, transformando a mesma em algo simplificado e completo.

Para o próximo trimestre, o banco digital segue evoluindo nas parcerias B2B. Nesse sentido, deve atrair importantes escritórios de AAIs (assessoria de investimentos) e um relevante multi familly office. Logo, são seis novos escritórios que somam mais de R$3 bilhões em custódia. 

“Em tempos de open finance, o cliente é do mercado, e os diferenciais qualitativos na experiência e nos serviços serão determinantes para estabelecer relações alinhadas e de longo prazo com clientes, parceiros e investidores. É isso que estamos construindo”, disse Cristiano Ayres.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais