Light (LIGT3) reporta lucro líquido de R$235 mi no 4º trimestre

A elétrica Light (LIGT3) apresentou um lucro líquido recorrente de R$ 235 milhões no quarto trimestre de 2020, revertendo prejuízo de R$ 48 milhões ante igual período do ano anterior, conforme relatório encaminhado ao mercado.

De acordo com o documento, a companhia foi beneficiada pelo reconhecimento de montantes de um acordo relacionado ao déficit hídrico com o governo.

Segundo a Reuters, na unidade geradora de energia houve um aumento relevante no lucro, em razão do reconhecimento do registro do ativo intangível referente ao acordo, no valor de R$ 433,8 milhões.

Empresas que aderem ao pacto têm obtido prorrogações de concessões e lançado valores positivos nos balanços referentes a receitas futuras.

Já a unidade distribuidora da Light registrou um lucro de R$ 41 milhões, frente a um prejuízo de R$ 46 milhões no mesmo período de 2019.

Consórcio com Light (LIGT3) e Cemig (CMIG4) tem multa de R $ 44 mi da Aneel

Light

Entre os destaques operacionais, a Light encerrou o quarto trimestre com perda total sobre a carga fio (12 meses) em 25,92%, 0,07 ponto percentual abaixo do resultado observado em setembro de 2020.

Com relação ao volume de perdas (12 meses), observa-se uma queda de 95 GWh no quarto trimestre. O volume de perda total no ano de 2020 apresentou “importante” redução de 744 GWh, disse a Light.

A carga fio caiu 2,9% em relação ao quarto trimestre de 2019, explicada, principalmente, pela redução da energia transportada para outras concessionárias que fazem fronteira com a Light.

A elétrica disse que está observando aumento de demanda nos segmentos Residencial e Industrial, contrabalançado o Comercial, que ainda segue impactado pelos efeitos da pandemia, com recuperação mais lenta.

Veja LIGT3 na Bolsa:

  • Só clique aqui se já for investidor

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais