Light (LIGT3) recebe autorização para reajuste médio de 6,75% nas tarifas

A Light (LIGT3) recebeu autorização para reajuste médio de 6,75% nas tarifas, conforme documento encaminhado ao mercado.

De acordo com a empresa, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou ontem a atualização nos preços da distribuidora que atende consumidores no Rio de Janeiro. Para consumidores conectados à alta tensão, o aumento será de 11,83%.

Segundo a área técnica, o reajuste deve-se principalmente ao aumento dos custos de transmissão. Já para a baixa tensão, a alta será de 4,67%.

Consórcio com Light (LIGT3) e Cemig (CMIG4) tem multa de R $ 44 mi da Aneel

Light

Além da contribuição da conta-covid para amenizar o reajuste, a agência aprovou a utilização de créditos tributários de PIS/Cofins pagos a mais pelos consumidores. Os recursos atenuaram o impacto do reajuste tarifário em -3,46%.

O relator do processo, diretor Sandoval Feitosa, ressaltou que o tema ainda está em análise na agência, mas que a utilização dos créditos tributários já foi aprovada em processos de reajuste tarifário de outras distribuidoras.

“Houve por parte da empresa a compreensão do momento difícil para o consumidor pagar suas tarifas em função da crise da pandemia da covid-19”, afirmou o diretor, que também ressaltou o impacto da alta do dólar na energia da Usina de Itaipu.

As novas tarifas passarão a valer a partir da próxima segunda-feira, dia 15 de março.

A distribuidora atende 3,9 milhões de unidades consumidoras na capital do Estado e em outros municípios.

A companhia

A Light é uma empresa privada de geração, distribuição, comercialização e soluções de energia elétrica. Sua presença ocorre em 31 municípios do Estado do Rio de Janeiro, abrangendo uma região com mais de 10 milhões de pessoas. Com sede na cidade do Rio de Janeiro, o Grupo Light é constituído pelas empresas Light S.A.

Veja LIGT3 na Bolsa:

  • Só clique aqui se já for investidor

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Leia mais