A Lexington Partners, gestora global líder de investimentos alternativos, anunciou nesta sexta-feira a abertura de um escritório em São Paulo. O novo escritório será o segundo na América Latina, após a abertura de uma sede regional em Santiago, Chile, em 2016.

“Como líder no mercado secundário global de private equity, a empresa estabeleceu uma presença pioneira na América Latina. O novo escritório em São Paulo nos dá a oportunidade de complementar a presença regional, expandir nossa rede e desenvolver os relacionamentos que iniciamos há mais de uma década, particularmente no momento em que investidores Brasileiros estão aumentando sua alocação em private equity internacional. Também esperamos que a indústria de private equity no Brasil continue evoluindo nos próximos anos e temos a satisfação em estabelecer uma base local a partir da qual nos relacionaremos diretamente com investidores e gestores”, disse Jose Sosa del Valle, sócio e Head da América Latina.

Lexington Partners abre escritório em São Paulo em processo de expansão na AL

São Paulo

O novo escritório de São Paulo complementará o escritório em Santiago, a partir do qual a empresa cobre sua extensa base de investidores na América Latina. O escritório de São Paulo é liderado por Renato Weiss, que ingressou na empresa em 2016 e anteriormente estava baseado em Santiago.

A Lexington Partners é uma das maiores gestoras independentes de fundos de private equity secundários e de co-investimentos do mundo. A posição de liderança da Lexington nos últimos 30 anos atraiu investimentos de grandes fundos de pensões, fundos soberanos, instituições financeiras, endowments, fundações e family offices em mais de 40 países, incluindo investimentos significativos de investidores latino-americanos.

Fundo Lexington Capital Partners IX

Em janeiro de 2020, a Lexington anunciou a captação do fundo Lexington Capital Partners IX em

US$ 14 bilhões. O escritório de São Paulo é o oitavo escritório da Lexington em todo o mundo e complementa a forte presença da Lexington nos Estados Unidos, Europa e Ásia.

  • Só clique aqui se você já for investidor
Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: