Investimentos de longo prazo: veja quais são as melhores opções do mercado

Com as inúmeras opções de investimentos, descubra aquelas que podem render uma boa quantia ao longo dos anos

O mercado de investimentos é muito amplo e abrange vários tipos de ativos, desde os de curto prazo até os de longo prazo. Dessa maneira, para aqueles que buscam reservas para o futuro, há inúmeras opções. Logo, é normal ficar perdido ou com dúvidas sobre qual a melhor opção em um mar de possíveis escolhas.

Vale lembrar que coisas como, por exemplo, o perfil do investidor, expectativas financeiras para o futuro e quanto risco a pessoa está disposta a correr, são fatores importantes que devem ser considerados na hora de escolher o melhor investimento.

Portanto, veja as 5 melhores opções que o mercado oferece para investimento que levam longos períodos.

1 – Tesouro Direto

Para investidores que querem sair da poupança, mas têm medo da volatilidade da renda variável, o Tesouro Direto é uma boa opção. Isso porque esta é uma aplicação que disponibiliza títulos emitidos pelo governo.

Assim, devido ao beneficiado ser o próprio Estado, o mesmo criou uma regra que determina juros sobre a poupança, desvalorizando a aplicação. Com isso, o intuito é estimular a população a procurar títulos do Tesouro Direto, que rendem mais com o tempo.

2 – Debêntures

As debêntures são títulos de dívida emitidos por empresas. O principal propósito desse investimento é captar recursos para o financiamento de projetos.

As debêntures incentivadas acabam sendo lançadas por empresas para realizar obras, assim como serviços de infraestrutura no país, como aeroportos e estradas. Em detrimento disso, o governo federal optou por isentar a cobrança do IR sobre as debêntures.

3 – CDBs

O Certificado de Depósito Bancário (CDB) também é um investimento de renda fixa. Com baixa volatilidade, esse tipo de aplicação serve como um empréstimo de seus recursos para uma instituição financeira realizar projetos.

Esse tipo de investimento é bem comum em bancos. Dessa forma, é possível encontrar esse investimento em quase todos os lugares. Para investir, basta ter uma conta aberta na instituição.

Concept of investment income and growth with money tree in pot
Ilustração investimentos longo prazo

4 – Ações Conservadoras

O mercado de negociações entra na nossa lista como o único investimento de renda variável. Isso porque a compra e venda de ações é extremamente volátil, com quedas e altas de preços.

Mesmo assim, esse mercado é uma boa escolha para  quem possui boas estratégias. Ações desvalorizadas podem chegar a valorizar depois de um bom tempo. Por exemplo, o Magazine Luiza (MGLU3). Hoje, a varejista já chegou a ter uma valorização de cerca de 1000% em 4 anos.

Por outro lado, comprar ações de empresas conservadoras, como o Banco Itaú (ITUB4), deve dar um pouco mais de instabilidade para o investidor. Afinal, esses ativos costumam render ao longo dos anos.

5 – LCI e LCA

A LCI (Letras de Crédito Imobiliário) nada mais é do que uma modalidade de renda fixa composta por créditos dentro do mercado imobiliário. Já o LCA (Letras de Crédito do Agronegócio), sua parente, são créditos dentro do mercado agro.

Os dois investimentos têm como característica a isenção do Imposto de Renda, assim como exige resgate do valor aplicado apenas no vencimento previsto, que variam de médio a longos prazos, e apresentam pouca volatilidade.

Além disso, conta com a cobertura do Fundo Garantidor de Créditos para até R$ 250 mil por CPF ou instituição financeira.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais