O conselho de administração da Gerdau (GGBR4) autorizou a companhia a realizar aportes de capital nas sociedades Gerdau Trade, Gerdau Hungria Holding Liability Company e GTL Trade Finance, de acordo com ata de reunião realizada em 26 de novembro e disponível na CVM nesta sexta-feira (4).

De acordo com a empresa, os aportes, na forma de aumento de capital, contemplam os valores de até 31,5 milhões de dólares na Gerdau Trade e de até 55 milhões de dólares na Gerdau Hungria.

O aporte de até 142,5 milhões de dólares na GTL Trade Finance seria subscrito em 27 de novembro, com integralização entre o dia 27 do mês passado e 29 de janeiro de 2021.

Gerdau (GGBR4) tem queda de 15% no lucro do 2TRI
Gerdau (GGBR4) tem queda de 15% no lucro do 2TRI

3º tri

A Gerdau (GGBR4) não viu a cara da crise no terceiro trimestre. O lucro líquido consolidado ajustado subiu 95% na comparação com o mesmo período e 2019, e somou R$ 795 milhões. No confronto com o segundo trimestre, a evolução foi ainda maior: 316%.

Todas as métricas importantes do balanço da Gerdau apresentaram melhora em relação a 12 meses atrás. A produção de aço bruto cresceu 17%, para 3,2 milhões de toneladas; as vendas subiram 4%, para 3,189 milhões de toneladas.

A receita líquida, de R$ 12,222 bilhões, marcou um incremento de 23%. Com os custos de produção avançando num ritmo menor, o lucro bruto da Gerdau pulou 72% e totalizou R$ 1,7 bilhão.

O ebitda ajustado, importante referência para a geração de caixa, aumentou 46% e chegou a R$ 2,1 bilhões. A margem ebitda também melhorou, passando de 14,8% para 17,5%.

Além do balanço cheio de números positivos, a Gerdau também comunicou, nesta quarta-feira (28), que pagará R$ 204 milhões em dividendos aos acionistas.

Veja GGBR4 na Bolsa:

https://youtu.be/_W4X1Sr7kdE
Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: