A Embraer (EMBR3) informou nesta sexta-feira (20) que fez parceria com o grupo português de energia EDP (ENBR3) para o desenvolvimento de uma aeronave de propulsão 100% elétrica que tem um primeiro voo previsto para o próximo ano.

A EDP fez um “aporte financeiro para a aquisição da solução de tecnologia de armazenamento de energia e recarga do avião demonstrador de tecnologia de propulsão 100% elétrica, que utiliza um EMB-203 Ipanema como plataforma de testes”, afirmou a Embraer em comunicado à imprensa.

O valor do investimento da EDP não foi revelado.

Embraer (EMBR3) e EDP (ENBR3) fazem parceria em pesquisa de avião elétrico

Cargueiros KC-390

A Embraer informou na última terça-feira (17) que assinou contrato com o governo da Hungria para a venda de duas aeronaves multimissão KC-390 Millennium, na configuração de reabastecimento aéreo, designado KC-390.

Além disso, estão contemplados no contrato treinamento de pilotos e técnicos, bem como outros serviços e suporte. As entregas estão programadas para começar em 2023. Os valores não foram informados.

O KC-390 Millennium é o maior avião já desenvolvido no Brasil. Até agora, a companhia vendeu unidades para os governos brasileiro e português, ambos parceiros na criação do cargueiro militar.

Em nota, a fabricante brasileira destaca que a aquisição é parte do processo de fortalecimento das Forças Armadas da Hungria, especificamente nas funções de transporte aéreo tático, AAR e evacuação médica, bem como em outras missões de interesse público.

Bio

Embraer S.A. é um conglomerado transnacional brasileiro, fabricante de aviões comerciais, executivos, agrícolas e militares, peças aeroespaciais, serviços e suporte na área.

Veja EMBR3 na Bolsa:

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: