A companhia aérea Azul (AZUL4) informou no final do domingo que recebeu aprovação para operar um jato Embraer E195 modificado para funções de cargueiro.

A empresa informou que espera que outras três aeronaves sejam adaptadas até o final do ano para fornecer serviços a clientes do setor de comércio eletrônico.

Atualmente, a Azul tem dois Boeings 737-400 cargueiros.

“Temos visto um forte aumento na demanda pelos serviços da Azul Cargo Express”, afirmou o presidente-executivo da Azul, John Rodgerson, em comunicado ao mercado.

Campinas

Em outubro, a Azul adicionará novas rotas domésticas partindo de Campinas (SP), com o intuito de fortalecer sua malha doméstica.

O Aeroporto Internacional de Viracopos, principal hub da companhia, terá aumento de oferta de voos para mais de 38 destinos, e assim terá ligação direta com 47 cidades brasileiras além de dois destinos internacionais a partir do próximo mês.

Em outubro, a Azul planeja operar 505 decolagens diárias, atingindo cerca de 60% do nível pré-pandemia no doméstico.

Desde o início de setembro, as capitais Cuiabá (MT), Teresina (PI), Vitória (ES), Campo Grande (MS), Porto Alegre (RS), Maceió (AL) e Rio de Janeiro (RJ) já contam com mais opções de voos. A ligação Viracopos-Santos Dumont passou a ter seis operações por semana desde o dia 14, cumpridas com as aeronaves Embraer E1, com capacidade para até 118 clientes, e Airbus A320, para até 174 clientes.

Para outubro, além dos destinos já atendidos, Viracopos também terá ligação direta com Rondonópolis, no Mato Grosso, e com Juazeiro do Norte (CE) e Petrolina (RE). Os novos voos já estão sendo comercializados em todos os canais oficiais da Azul.

“Estamos dando mais um passo para retomar o fluxo de nossas operações no País, reconectando cidades regionais e ampliando as opções de modal aéreo para aqueles que precisam viajar a negócios ou para visitar parentes e amigos. Essas adições fortalecem nosso hub de Campinas e fazem com que nossos clientes tenham múltiplas opções de voos e destinos a partir do nosso principal aeroporto de operação no Brasil”, afirmou o gerente de planejamento de malha da Azul, Vitor Silva.

Veja AZUL4 na Bolsa:

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: