A companhia aérea Azul (AZUL4) informou que recebeu proposta de financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e mais um sindicato de bancos.

Segundo o Valor, o apoio financeiro ocorre no âmbito do Programa Emergencial de Apoio aos Setores atingidos pelos efeitos da crise decorrente da pandemia de Covid-19.

A Proposta encaminhada pelas instituições prevê uma oferta pública de um instrumento financeiro híbrido com objetivo de captar no mínimo R$ 2 bilhões.

Azul estende recuperação em agosto, mas tráfego ainda cai quase 70% a.a

AZUL4: BNDESPar

De acordo com a Azul, a proposta também prevê que o BNDESPar seja o investidor âncora, podendo subscrever até 60% da oferta, enquanto o sindicato de bancos prestará garantia firme de até 10%.

O remanescente deverá ser captado junto a outros investidores, por meio da oferta pública.

“Estimamos que a emissão do bônus de subscrição resultará em uma potencial diluição de aproximadamente 15% baseado no preço de fechamento da ação da Azul na última sexta-feira”, diz o comunicado.

A Azul informa no comunicado que analisará a proposta da BNDESPar assim como outras alternativas, levando em consideração a retomada da demanda por voos e a posição de caixa da companhia, ambas mais favoráveis do que inicialmente estimado.

AZUL4: em baixa

O tráfego total de passageiros consolidado de julho para agosto subiu 26,4%, porém isso ainda representa queda de 68,7% contra um ano antes.

Já a oferta de voos da Azul em agosto subiu 33,3% na base sequencial, mas ainda foi 65,6% ano a ano.

A taxa de ocupação das aeronaves no mês passado foi de 75,5% no mês passado, 4,1 pontos percentuais menor do que em julho e queda de 7,5 pontos em relação a agosto de 2019.

Em Fato Relevante, a Azul informou que espera operar 505 decolagens diárias nos dias de maior demanda, para 89 destinos.

Segundo a companhia, a capacidade total no próximo mês vai representar cerca de 55% da oferta de outubro de 2019, e a capacidade doméstica chegará a 60%.

“Com base nos dados de demanda mais recentes, que também incluem uma melhora significativa na nossa tarifa média e receita, estamos confiantes que estamos no caminho certo para alcançar nossa projeção de capacidade para o final do ano”, diz Abhi Shah, vice-presidente de receitas da Azul.

Veja AZUL4 na Bolsa:

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: