O Banco Safra reajustou a recomendação de compra ontem (23) para as companhias Localiza (RENT3) e Unidas (LCAM3) por temor com o Cade.

Significa dizer que para a instituição financeira, a autarquia poderá não aprovar a fusão entre as duas empresas.

Após o anúncio da combinação de negócios, também ontem, as ações de ambas as empresas tiveram uma elevação acima da média, animando o mercado.

Para se ter ideia, por volta de 13h01, as altas eram de 13,07% e 19,82% respectivamente, enquanto o Ibovespa caía 0,91%.

Localiza (RENT3) espera reação gradual de margem no 3º tri

Relatório

Conforme relatório do Safra, a concentração de mercado decorrente da fusão poderá levar o Cade a vetar parcial ou totalmente o negócio.

Por conta disso, a instituição financeira se mostra cética quanto ao empreendimento. O documento é assinado pelo analista Luiz Peçanha.

Na análise, ele elenca que a incorporação da Unidas pela Localiza criaria uma empresa com 65% de participação de mercado.

Assim, o risco de o Cade impor restrições para aprovar a transação ou, simplesmente rejeitá-la integralmente, não pode ser ignorado.

“Apesar de nossa avaliação positiva da transação, que pode melhorar o valor corrente da Unidas, ela ainda depende da aprovação do Cade”, afirma o Safra.

E diz mais: “e a não aprovação do negócio, que nos parece razoável, considerando o efeito, sobre as tarifas [de locação], causado pela elevada concentração de mercado da nova companhia, teria um impacto negativo nas ações das duas empresas no futuro.”

https://www.youtube.com/watch?v=-hIkl0c9-Hw

Rebaixamento

Por conta disso, o Safra rebaixou a recomendação dos papéis de outperform (desempenho esperado acima da média do mercado) para neutra.

Isto porque, segundo Peçanha, a alta dos papéis deixará pouco espaço para uma valorização posterior, considerando-se os atuais preços-alvos das empresas. Para a Localiza, o preço-alvo do Safra é de R$ 59,5. Para a Unidas, de R$ 21.

Veja RENT3 na Bolsa:

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: