Tributação de dividendos: veja se ainda vale a pena investir em ações pensando no rendimento

O investidor recebe com a valorização das empresas, no entanto, o ministro Paulo Guedes deseja tributar tais retornos

Qual será o futuro das ações com a possível tributação de dividendos em até 20% que Paulo Guedes, ministro da Economia, deseja aplicar?

Para muitos, o pagamento dessas parcelas é uma boa forma de ganhar renda extra, pois ao investir em empresas que pagam boas porcentagens, dá para conseguir um retorno cada vez maior.

Quer saber como a possível tributação de dividendos pode impactar o investidor? Confira também o vídeo:

Como funcionam os dividendos?

O investidor ganha com a valorização das ações e com a divisão do lucro líquido da instituição. Além disso, os dividendos nada mais são que parcelas do lucro adquirido pela empresa, que são distribuídos no formato de remuneração aos acionistas. 

Portanto, esse pagamento, que é feito em porcentagem e proporcional a quantidade de ações do investidor, pode ser na forma de dinheiro, ações ou direitos de propriedades. 

Tributação de dividendos

Recentemente, o ministro Paulo Guedes propôs a volta da tributação de dividendos com uma alíquota de 20%. Inicialmente, a ideia era uma porcentagem entre 15%, mas os planos da autoridade mudaram.

Por outro lado, o governo deve reduzir a taxa de Imposto de Renda Pessoa Jurídica de 25% para 20%. Além disso, a isenção do tributo terá uma faixa de R$ 20 mil por mês.

Tributação de dividendos: veja se ainda vale a pena investir em ações pensando nos proventos
Imagem de representação tributação de dividendos

Como fica o investidor?

Segundo Fabrizio Gueratto, Financista do Canal 1Bilhão Educação Financeira, dificilmente a decisão fará com que as pessoas deixem de investir na Bolsa de Valores (B3) por causa da proposta. Entretanto, a mesma também não deve atrair novos investidores.

“O brasileiro já está acostumado a pagar uma carga tributária mais alta e pode se adequar a mudanças. Já por parte das empresas, caso elas não distribuam seus dividendos, têm como opção comprar as próprias ações, o que geraria um aumento no valor do papel em si”, completa.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais