“Eu trabalhei durante 14 anos no Mercado de Capitais, Mercado financeiro e depois de um burnout, ou uma crise estafa, resolvi largar tudo e investir em um sonho que estava parado por falta de tempo, tanto meu, quanto dos meus 2 sócios”, conta Tuanny Blumer, Empresária e Sócia do EstoqueUP.

Para entender melhor a história da mineira e o que a EstoqueUP faz, o Canal 1Bilhão Educação Financeira, entrevistou Tuanny, para que fosse possível compreender a necessidade do controle de estoque, além da diferença que isso faz para as finanças de uma empresa.

Difícil decisão de empreender

“Largar o mercado financeiro, um ótimo cargo, salário e benefícios não é fácil, mas trabalhar infeliz também não. Então eu resolvi cair de cabeça na empresa e hoje em dia trabalho full time nela. Pra ter noção, hoje em dia eu voltei a ter ideias, coisas que eu não tinha mais, só seguia o fluxo, o efeito manada no qual a gente se impõe hoje em dia”, conta Blumer, sobre sua decisão de mudar, não só de emprego, mas também de área.

De acordo com ela, se você está infeliz, se planeje e vá atrás dos seus sonhos. “Não é pra largar tudo e pedir demissão, faça as coisas planejadas. O Mercado tem deficiência de mulheres empreendendo”.

Controle de estoque

Tuanny viu um nicho que até então era pouco explorado e apostou na ideia, começando uma startup que visa controlar o estoque de empresas, de grande, médio e pequeno porte, de forma simples.

“Eu tive a chance de ter um time muito forte. Gabriel Dimas, meu CTO, responsável pelo desenvolvimento da plataforma. Marlon Blumer: Responsável pelo desenvolvimento da plataforma e programador. E por fim, eu, responsável pelo crescimento e expansão da empresa, e novos negócios”, diz a Empresária.

O Financista do Canal, Fabrizio Gueratto, questiona Tuanny sobre o motivo de ter escolhido o controle de estoque. “Porque somos de uma cidadezinha no interior de Minas Gerais, e sempre vivemos isso, as mercearias, lojas, anotam tudo o que vendem em cadernos, ou cadernetas. Lá a gente compra, assina e paga no fim do mês, com isso presenciamos inúmeras vezes a falta de produtos em estoque, além de uma desorganização, e a ideia veio daí.

Todo tipo de empresa precisa

Na verdade, os meninos desenvolveram uma planilha em excel de controle de estoque e essa planilha teve mais de 150 mil downloads, foi quando resolvemos colocar esse sistema online com o feedback dos usuários.  Através de estudos, verificamos que as empresas ainda não conseguem visualizar a importância que se tem em implantar a gestão de estoques para organizar seus itens e definir quando e quanto se deve comprar, a fim de se tornarem mais competitivas, e se manterem no Mercado”, explica a CEO da EstoqueUP.

Fazer controle de estoques pode ser o diferencial para garantir uma a boa gestão de uma empresa, podendo assim obter redução de custos e como forma de garantir o material requisitado quando se necessita.

“Atualmente, são 20 milhões de empreendimentos, no Brasil. Quase 70% desses negócios são pequenos, e 60% dessas empresas não possuem controle de estoque. As startups têm sido de grande importância nesse crescimento, hoje em dia em torno de 15 mil espalhadas pelo Brasil”, comenta Fabrizio Gueratto. 

Vantagens de controlar o estoque

O Financista pergunta então qual a real importância do controle de estoque? “A gestão do controle de estoque pode significar a diferença entre o lucro e o prejuízo de um negócio. Em uma empresa, gerir estoques pode ser resumido como a função de equilibrar compras, armazenagem e entregas, controlando as entradas e o consumo de materiais, movimentando o ciclo da mercadoria. Um dos indicadores de desempenho mais relevantes para essa atividade é justamente a velocidade dessa movimentação, o famoso giro de estoque. Para que esse indicador possa evoluir, é preciso estar atento a todos os aspectos que podem ajudar ou prejudicar a velocidade do giro”, explica ela.

Para finalizar, o Financista do Canal 1Bilhão Educação Financeira, pergunta para quem é indicado o EstoqueUP? “Para todas as micro e pequenas empresas, vendedores autônomos, restaurantes, corporativo, dermatologistas, dentistas etc. Dermatologistas que trabalham com produtos caros, por exemplo, os produtos possuem validade, podem ser furtados com facilidade, falta produtos durante procedimento com o paciente. No caso de vendedores autônomos de maquiagem, por exemplo, muitas vezes podem estar no meio da rua, fazer uma venda, mas não realizar pelo fato de não saber o que tem estocado em casa. Já no caso corporativo, não saber o que possui no escritório, por exemplo: materiais de escritório em geral; tonner de impressora, papel sulfite, café, açúcar, pode também causar prejuízos no orçamento da empresa. São coisas que faltam devido a má gestão de estoque e causam prejuízo, no caso de uma empresa corporativa, o administrativo precisa fazer compras desses suprimentos faltantes em algum Mercado, pois sabe que os pedidos vão demorar ainda pra chegar. Um estoque adequado diminui significamente o custo de armazenagem”, explica Tuanny Blumer, CEO da EstoqueUP.

Leia também: “TRABALHO AUTÔNOMO – 32,9% DA POPULAÇÃO BRASILEIRA ESTÁ EMPREENDENDO”

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: