A Oi (OIBR3) aceitou na sexta-feira (7) conceder status preferencial a uma proposta de aquisição conjunta da TIM Participações, Telefônica Brasil e Claro, da America Movil, para os ativos móveis da Oi.

Segundo a Reuters, o acordo daria às empresas, principais operadoras de telefonia celular do país, o direito exclusivo de igualar qualquer outra oferta mais alta que outras partes possam fazer posteriormente.

Em julho, as três operadoras apresentaram uma oferta conjunta de 16,5 bilhões de reais pelos ativos.

Anatel

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu nesta quinta-feira (6) que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) não tem preferência sobre outros credores no plano de recuperação judicial da operadora Oi (OIBR3), que se arrasta desde 2016.

A Oi deve à Anatel mais de R$ 11 bilhões relativos a multas e outras penalidades impostas pela autarquia ao longo dos anos por descumprimentos de normas do setor.

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: