Captação do FII Biotic, de R$ 5 bi, será destinada a Parque tecnológico do DF e atrairá estrangeiros e fundos de pensão

A Integral BREI, gestora especializada na estruturação e gestão de produtos financeiros de base imobiliária que adota práticas ambientais, sociais e de governança (ASG), acaba de estruturar o primeiro Fundo Imobiliário ASG do país.

A gestora foi contratada como coordenadora líder responsável pela estruturação e distribuição do Fundo Imobiliário do BIOTIC (FII BIOTIC), com início da oferta/distribuição ainda neste ano.

O Fundo inédito foi o veículo escolhido para captar os recursos para o BIOTIC, parque tecnológico que põe o Distrito Federal, onde está localizado, na vanguarda da inovação e sustentabilidade, já que proporciona agilidade de investimento, elevada governança e mecanismos de alinhamento de interesses e facilitação de operações.

Vítor Guimarães Bidetti, CEO

Intergral BREI estrutura fundo imobiliário ASG que investirá em Brasília
Vítor Guimarães Bidetti, CEO da Integral BREI

Segundo Vítor Guimarães Bidetti, CEO da Integral BREI, o fato de ser um fundo ASG implica acesso de grandes investidores globais, que não estavam investindo no Brasil devido ao fato de o país ter perdido o investment grade soberano, o que é uma barreira suplantada pelos investimentos verdes.

Por outro lado, o FII ESG da Integral BREI também atrai fundos de pensão, onde se aloja hoje a principal poupança nacional, pois eles visam a investimentos de longo prazo, caso desse fundo imobiliário estruturado com os mais relevantes diferenciais do mercado.

O FII Biotic ASG vai captar para viabilizar o Parque Tecnológico de Brasília, que visa atrair empresas de base tecnológica, oferecendo infraestrutura e facilities adequadas aos usuários num bairro inteligente que abrigará escritórios, universidades, comércios, residências, praças e parques que vão receber profissionais inovadores e disruptivos.

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: