Para muitos, aplicar em cripto ativos ainda é um tipo de investimento considerado arriscado, já que a maior parte ainda desconhece o mercado.

Entretanto, nos últimos anos, boa parte dos investidores iniciaram sua jornada no universo de ativos digitais em busca de diversificação e até uma maior rentabilidade.

Operações com criptoativos movimentam quase R $ 15 bi no Brasil em julho

Receita Federal

De acordo com dados da Receita Federal, os investidores brasileiros já negociaram mais de R$ 114 bilhões em Bitcoins e outras criptomoedas desde agosto de 2019.

A fim de demonstrar como tem sido as impressões daqueles que optaram por esta modalidade, a BlueBenx – fintech especializada no mercado de criptomoedas e security tokens – realizou uma pesquisa inédita com sua base de clientes que revelaram porque escolheram este mercado e como o vêem em relação aos outros ativos.

91% dos investidores em cripto ativos indicaram aumento nos lucros, mostra pesquisa

Respondentes

Dos 310 respondentes, 79,80% ainda não investiam no mercado de criptomoedas antes de conhecer a BlueBenx e 74,40% afirmaram ter algum tipo de medo ou preconceito em relação aos investimentos nestes tipos de ativos antes de saberem das possibilidades de aplicação.

Quando responderam sobre como tiveram conhecimento da modalidade, 68% afirmaram que descobriram por indicação, enquanto 18,80% tiveram curiosidade e 13,20% acompanhavam as notícias que despertavam seu interesse.

91% dos investidores em cripto ativos indicaram aumento nos lucros, mostra pesquisa

Diversificação

No que diz respeito a diversificação de carteira, além dos cripto ativos, 41,70% afirmam aplicar em renda fixa (Tesouro Direto, CDB, LCI e LCA), já 38,60% optam por renda variável (Fundos Imobiliários, Fundos de investimentos, Bolsa) e 19,70% aplicam apenas no mercado de criptomoedas atualmente.

Os que confirmaram a procura por essa diversificação de carteira correspondem a 29,50%. Mas o maior objetivo de investimento é ter maior rentabilidade, de acordo com  68% do grupo que participou da pesquisa e 91,60% já conseguiram perceber este aumento na rentabilidade. A menor parte, equivalente a 2,50%, investe apenas por curiosidade.

91% dos investidores em cripto ativos indicaram aumento nos lucros, mostra pesquisa

Investimentos

Em relação aos receios de investimentos nesse mercado, 75,40% dos participantes tem medo de perder tudo que foi investido, enquanto 17,70% temem não obter o lucro esperado e 6,90% afirmam não ter nenhuma preocupação.

Mas mesmo com um pouco de ressalva, 96% dos investidores acredita que os investimentos em cripto ativos em períodos de instabilidade e crise podem trazer mais rentabilidade do que as opções mais conhecidas e tradicionais.

Quando questionados sobre a avaliação do mercado e comparação com outras modalidades no geral, 66,30% acredita que os cripto ativos são mais vantajosos e rentáveis.

Renda fixa

Já 15,20% acreditam que eles oferecem mais lucros que a renda fixa e 2,30% pensam que os ativos digitais são mais acessíveis do que a renda variável. 16,20% responderam que não acreditam que existe uma opção melhor que a outra.  

Com a pesquisa, também foi possível identificar um aumento dos valores aplicados por parte dos investidores. Cerca de 32,50% confirmaram um acréscimo de 50% nos recursos destinados a isso. Já 22,50% mantiveram os mesmos valores desde o início das aplicações e 11,60% aumentaram entre 10% e 20% seus investimentos.

Mas falando de futuro, 86% dos investidores afirmaram que pretendem complementar essa carteira daqui para frente, sendo que 47,10% planejam já fazer isso nos próximos três meses e 18,40% querem aumentar os investimentos daqui um mês.

A empresa

A BlueBenx é uma fintech brasileira, com escritórios nos Estados Unidos, Portugal e Estônia, especializada no mercado de criptomoedas, security tokens e iniciativas na blockchain.

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: