Ether é considerada a principal concorrente do Bitcoin no mercado cripto

O ano de 2021 tem sido marcado pela popularização do mercado de criptomoedas no mundo e, com isso, outras moedas digitais, além do Bitcoin, passaram a chamar a atenção dos investidores. É o caso da Ethereum, segunda maior moeda em valor de mercado do mundo, e que nesta semana bateu o recorde de valorização, chegando a US$ 4 mil. Desde janeiro, a Ethereum ganhou mais de 380% em valor e, atualmente, representa 19% da capitalização do mercado. Ainda longe dos mais de 43% do bitcoin, mas com um futuro promissor.

Fundada em 2015 pelo russo-canadense Vitalik Buterin, a Ethereum é uma plataforma que permite a programação de aplicativos descentralizados, contratos inteligentes e transações da criptomoeda Ether e vários tokens.Toda essa estrutura é baseada na tecnologia da Blockchain, que surgiu juntamente com o Bitcoin em 2008.

“Diria que o grande motivo para a Ethereum ser considerada a grande concorrente do Bitcoin é que em termos de tecnologia de blockchain, a Ether é uma evolução e tem como grande impulsionador uma das maiores tendências do mercado de criptomoedas: o mecanismo de DeFi (Decentralized Finance), que elimina intermediários (bancos, reguladores, bolsas) e é uma alternativa ao mercado financeiro que conhecemos, e que opera com base nos algoritmos da blockchain do Ethereum”, explica Lucas Schoch, CEO da Bitfy, primeira carteira de criptomoedas não custodiante da América Latina e que tem a Ether como um de seus ativos aceitos na plataforma desde fevereiro.

Bitcoin

Para Ricardo Dantas, CO CEO da Foxbit, “o Ether vem evoluindo faz muito tempo, sendo a segunda maior criptomoeda do mercado mundial. Recentes melhorias em seu código e com aumento dos projetos em DEFI estão fazendo o seu valor aumentar muito”.

Segundo Vinicius Frias, CEO do Alter, “o grande potencial explorado no Ethereum está relacionado aos seus smart contracts, que permite novas soluções serem construídas em cima da blockchain dele. Nos últimos dias o valor tem subido muito à medida que players começam a enxergar todo o ecossistema que já existe lá, como as aplicações de De-Fi e NFTs”.

  • Só clique aqui se já for investidor

Ether 2.0

Para atualizar e solucionar limitações, a Ethereum em breve terá uma versão atualizada do blockchain, a Ether 2.0. “Atualizações e esse processo contínuo por potencializar a experiência dos clientes nesse ambiente tão complexo que é o da criptomoedas é muito positivo para o mercado. Caminhamos a passos firmes para a ampliação e popularização das moedas digitais”, conclui Lucas.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais