Consórcio liderado pelo BTG compra ativos florestais da Arauco no Chile

O BTG Pactual maior banco de investimento da América Latina, anuncia que consórcio liderado pelo Timberland Investment Group (TIG), juntamente com a British Columbia Investment Management Corporation (BCI), um dos maiores investidores institucionais do Canadá, e a APG, um dos maiores fundos de pensão do mundo, fez a aquisição de ativos florestais da Arauco no Chile por US$ 385,5 milhões.

A transação envolve aproximadamente 80.500 hectares de áreas florestais de alta qualidade e com manejo sustentável, nas regiões do Centro e Sul do Chile, e marca a entrada do consórcio no país.

BTG

A operação faz parte da estratégia do consórcio de investir em ativos florestais em diversas regiões do mundo que ofereçam retornos atraentes e em linha com altos padrões ESG. As áreas florestais incluídas na transação são certificadas através da Arauco pelo Forest Stewardship Council (FSC).

“O Timberland Investment Group está em busca de oportunidades de investimentos para estabelecer presença no Chile há mais de uma década. Esta transação oferece a escala e os requisitos de alta sustentabilidade que estávamos procurando. Além disso, estamos muito orgulhosos de contar com a parceria da BCI e da APG nesta operação, dois dos principais investidores institucionais em ativos florestais no mundo”, afirmou Gerrity Lansing, sócio do BTG Pactual e head da TIG.

“Como investidor, estamos entusiasmados com a oportunidade de expandir nosso programa global de infraestrutura e recursos renováveis na América Latina com parceiros de confiança. O investimento fornece retornos ajustados ao risco, atraentes para nossos clientes de fundos de pensão e fundos de seguro, e aumenta nossa exposição a florestas de alta qualidade e manejo sustentável”, afirma Lincoln Webb, vice-presidente executivo e chefe global de infraestrutura e recursos renováveis do BCI.

“Esta transação não só nos ajuda a obter retornos lucrativos e de longo prazo para nosso cliente de fundo de pensão ABP e seus participantes, mas também vai de encontro à nossa ambição de buscar parcerias com investidores com ideais semelhantes, e que contribuam com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU”, acrescentou Vittor Cancian, gerente de portfólio sênior da APG. “Os ativos florestais que estamos comprando são todos certificados sob a certificação FSC do grupo Arauco para garantir que estão sendo gerenciados de forma ambientalmente responsável, preservando a diversidade biológica e beneficiando a vida da população e dos trabalhadores locais. O sistema FSC também permite que empresas e consumidores identifiquem, comprem e usem madeira, papel e outros produtos florestais feitos com materiais de florestas com manejo sustentável ou de fontes renováveis”, continuou Cancian.

A transação está sujeita às condições habituais de fechamento, incluindo aprovações regulatórias, e deve ser concluída no terceiro trimestre de 2021.

  • Só clique aqui se já for investidor

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais