No começo de 2019 a internet se voltou para falar somente de um assunto um tanto esquecido e distante de grande parte da população brasileira: investimentos. O alvoroço se deu após uma arrojada campanha da casa de análises Empiricus, onde mostrava uma jovem de, até então, 22 anos, que alcançou o seu primeiro milhão com vinte e poucos anos e investindo em ações, através das recomendações do CEO da Empiricus, Felipe Miranda.

Foi em março deste ano que Bettina Rudolph, funcionária da Empiricus, virou febre nas redes sociais e mídias digitais e tradicionais. Grande parte do país foi atingida pelo rápido anúncio antes dos vídeos do YouTube e os telespectadores se perguntavam como Bettina Rudolph havia conseguido se tornar milionária com um salário de R$ 1.500. Bettina Rudolph é formada em Administração e pediu um emprego na Empiricus aos 19 anos, através de um e-mail para o próprio CEO Felipe Miranda.

Empiricus

Recentemente, Bettina voltou a ser assunto no Brasil, mas dessa vez com um velado pedido público de desculpas e oferecendo um curso sobre sua jornada milionária, onde ela conta a própria experiência. Para entender melhor toda a repercussão e, de fato, onde Rudolph investe e como fez sua fortuna, o Canal 1Bilhão Educação Financeira foi até a sede da Empiricus para uma série de dois vídeos com Bettina Rudolph, um dos nomes mais comentados de 2019. Além disso, na série de dois vídeos com Bettina Rudolph da Empiricus, o Financista do Canal 1Bilhão Educação Financeira, Fabrizio Gueratto, também questionou Bettina sobre o que ela acha que pode ter valorização em 2020, o que a Empiricus está olhando e quais Small Caps podem ser promissoras em 2020. No primeiro vídeo no Canal 1Bilhão Educação Financeira, Bettina Rudolph contou que segue muito as recomendações de Felipe Miranda, CEO da Empiricus, e que, na maioria das vezes, concorda e segue suas recomendações, tanto que seu dinheiro está alocado de forma muito parecida com o de Felipe Miranda. Bettina conta também onde não investe, o que não acha bom que deus seguidores e assinantes da Empiricus tenham. 

Onde ela não investe?

“Óbvio que eu não investiria não poupança, de jeito nenhum.  E nem crédito privado, eu tenho uma posição muito forte contra isso. Isso ocorre por conta da própria renda fixa, que é quando você empresta dinheiro para algo e tem uma garantia do quanto será devolvido. Eu, Bettina, só gosto de emprestar dinheiro para o governo, que atualmente é o mais seguro, para que eu possa correr riscos em outras áreas, com maior potencial de retorno. Além de poupança e crédito privado, eu também não invisto em imóvel físico” diz Bettina Rudolph da Empiricus, quando questionada pelo Financista do Canal 1Bilhão Educação Financiera, Fabrizio Gueratto, sobre locais em que ela não investe e nem pensa em entrar, de forma alguma. 

2020

“Bettina, agora me conta quais papéis a Empiricus acredita que tem um bom potencial de valorização”, diz o Financista Fabrizio Gueratto. Bettina conta que existe uma empresa que talvez seja mais tecnologia que a Magazine Luiza e por isso, o CEO da Empiricus, Felipe Miranda, acredita muito na sua valorização. “O Felipe está olhando muito para a Centauro (CNTO3). Além de uma empresa que já está nas recomendações faz um bom tempo, e hoje, está entregando 800% de lucro. Essa empresa que valorizou 9 vezes é a Sinqia (SQIA3)”, disse Bettina Rudolph da Empiricus. 

Leia também: “BETTINA da EMPIRICUS fala sobre POLÊMICA do R$ 1 MILHÃO, AÇÕES que INVESTE, BITCOIN, ALASKA BLACK”

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: