“É uma conta que parece muito estranha a princípio. Se o Mercado Pago rende 100% do CDI e poupança rende 4,55%, a 1ª opção deveria render mais”

Uma briga entre os chamados bancos digitais atingiu o seu ápice em 2018 e em 2019 deve continuar. Bancos tradicionais estão abrindo suas plataformas e as chamadas contas de Pagamentos, como o Nubank e Mercado Pago, também.

Banco tradicional X Banco digital

O brasileiro está exigindo cada vez mais dessas fintechs. Ele não quer mais apenas poder ter um cartão de crédito sem anuidade ou conseguir fazer uma Ted sem pagar nenhuma taxa. Agora este consumidor quer que seu dinheiro esteja rendendo e claro, mais do que a poupança. O Banco Central, para auxiliar o governo federal e ao mesmo tempo proteger os investidores, permitiu que o dinheiro das contas de Pagamentos ficasse investido em títulos públicos federais.

“Na prática é quase a mesma coisa que se investir no tesouro direto. Além da segurança que o tesouro nacional proporciona, ainda ajuda o país a aumentar o caixa para investimentos. O investidor só não receberia se o governo federal quebrasse, algo muito pouco provável de acontecer, ou seja, é um investimento de baixíssimo risco”, explica Fabrizio Gueratto, Financista do Canal 1Bilhão Educação Financeira.

Para aumentar a concorrência, o Mercado Pago, com aproximadamente 3 milhões de clientes começou a disponibilizar uma remuneração para os seus clientes que deixam o dinheiro na conta.

Na prática, o dinheiro que ficava investido em títulos públicos federais agora está tendo rendendo 100% do CDI, que neste momento significa 6,4%. O Canal 1Bilhão Educação Financeira já fez as contas e mostrou que a NuConta rende mais que a poupança e que o tesouro Selic.

Porém, será deixar o dinheiro parado no Mercado Pago rende mais, também? O Canal fez os cálculos e descobriu que não é bem assim. O dinheiro parado no Mercado Pago rende menos dependendo da situação. Ele só rende mais do que a poupança quando simulado no final de um mês, quando a poupança ainda não fez aniversário. Isso porque a poupança rende somente a cada 30 dias.

“É uma conta que parece muito estranha a princípio. Se o Mercado Pago rende 100% do CDI e poupança rende 4,55%, a 1ª opção deveria render mais. Porém, existe a cobrança de Imposto de Renda em cima do investimento em títulos públicos federais enquanto que, a poupança, é isenta do tributo e isso impacta diretamente na rentabilidade líquida”, ressalta Gueratto.

O Financista aconselha que, para quantias muito pequenas, como por exemplo R$ 100,00 ou R$ 500,00 a diferença é mínima e caso a pessoa precise girar o dinheiro com frequência, as vezes compensa deixar no próprio Mercado Pago.

“É comum uma pessoa com muito pouco dinheiro guardado ficar procurando o grande investimento da vida como se aquilo fosse fazer multiplicar o seu capital. A verdade é que, para um montante de recursos muito baixo, a diferença entre deixar o dinheiro no Mercado Pago, Poupança, NuConta ou Tesouro Selic é mínima. Esta pessoa precisa gastar energia e se concentrar em como aumentar os seus rendimentos e aumentar o percentual guardado”, finaliza Gueratto.

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: