Oi (OIBR3) estima menor prazo para analisar venda da InfraCo, e renegocia com Globenet

A tele aceitou proposta de R$12,93 bi

A Oi (OIBR3, OIBR4) espera que o prazo de análise pelas autoridades regulatórias da transação de venda de parte do capital da InfraCo, empresa que reúne sua infraestrutura de fibra óptica, seja mais curto se o ativo for de fato arrematado por fundos do BTG Pactual (BPAC11) em conjunto com a Globenet Cabos Submarinos.

De acordo com o Valor Econômico, ontem a Oi confirmou que aceitou proposta firme de R$ 12,93 bilhões feita pelos fundos e pela empresa de cabos submarinos, que terão direito de cobrir qualquer outra oferta que venha a ser apresentada num futuro processo judicial de venda da InfraCo. A oferta servirá de piso num futuro processo concorrencial de alienação de parte do capital da InfraCo.

Conforme o jornal, o processo concorrencial de alienação de parte do capital da InfraCo está previsto para acontecer no segundo trimestre deste ano. A transação deverá estar concluída entre o último trimestre de 2021 e os primeiros três meses do próximo ano.

Oi (OIBR3) estima menor prazo para analisar venda da InfraCo, e renegocia com Globenet
OI (OIBR3): ações disparam 25% e atingem maior cotação em quase dois anos

Oi – BTG

Ainda de acordo com o periódico, a Oi abriu caminho para que o leilão judicial do ativo de infraestrutura InfraCo seja marcado para daqui a 60 dias, em junho, ao aceitar a proposta de fundos do BTG Pactual e da Globenet Cabos Submarinos.

Os fundos pagarão à vista R$ 12,93 bilhões por 57,9% do capital social votante e total que a Oi detém na Brasil Telecom Comunicação Multimídia, proprietária dos ativos de infraestrutura de fibra óptica na Sociedade de Propósito Específico (SPE InfraCo).

O valor de empresa da InfraCo é R$ 20 bilhões até 31 de dezembro, considerando uma dívida líquida de R$ 4,11 bilhões. O acordo prevê que os fundos invistam R$ 25 bilhões até 2030 na infraestrutura.

A ação ordinária da Oi chegou ao fim do pregão ontem na B3 com desvalorização de 4,08%, cotada a R$ 1,88.

Agora, as partes vão concluir a elaboração de contratos adicionais pelo ativo e, em 30 dias, a Oi, em recuperação judicial, deve pedir ao Juízo da 7ª Vara Empresarial da Comarca da Capital do Estado do Rio de Janeiro para que fixe a data do certame.

Oi – Globonet

A Oi renegociou seu contrato de arrendamento de capacidade de longo prazo com a Globenet como parte do acordo anunciado na segunda-feira com a empresa de cabos submarinos e fundos do BTG Pactual.

A Oi vendeu a Globenet à BTG Pactual YS Empreendimentos e Participações em 2013. O contrato assinado na época previa que a Globenet continuasse a fornecer capacidade para a Oi e suas controladas no longo prazo.

Veja OIBR3 na Bolsa:

  • Só clique aqui se já for investidor

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Leia mais