IRB (IRBR3) reporta queda de 12,3% no faturamento bruto de fevereiro

Trata-se de prêmio emitido de R$528,6 mi no período

O IRB Brasil (IRBR3) reportou queda de 12,3% no faturamento bruto de fevereiro, conforme comunicado ao mercado.

De acordo com o documento, trata-se de prêmio emitido de R$528,6 milhões no período, “sendo R$255,8 milhões no Brasil e R$272,7 milhões no exterior”, informou.

Com redução de 5,4% no Brasil em relação a fevereiro de 2020 e redução de 17,9% no exterior no mesmo conceito.

Já no bimestre, o prêmio emitido atingiu o montante de R$ 1.342,2 milhões, crescimento de 9,2% em relação ao mesmo período de 2020, sendo R$ 719,7 milhões no Brasil e R$622,5 milhões no exterior, crescimento de 46,7% e redução de 15,7% respectivamente, em relação ao mesmo período de 2020.

A redução no exterior está em linha com a estratégia de re-underwriting amplamente divulgada pela companhia.

O faturamento de competência (Prêmio Ganho), por sua vez, de R$537,2 milhões, com uma pequena redução de 1,7% em relação a fevereiro de 2020.

IRB Brasil (IRBR3) reporta queda de 12,3% no faturamento bruto de fevereiro

IRB Brasil

No bimestre, o Prêmio Ganho foi de R$948,1 milhões com crescimento de 7,0% em relação ao mesmo período de 2020.

O Índice de sinistralidade (Despesas de Sinistros/Prêmio Ganho do período) de 70,7% em fevereiro de 2021 foi equivalente a uma despesa de sinistro de R$379,6 milhões.

No acumulado dos dois primeiros meses do ano, o índice de sinistralidade foi de 70,6%, equivalente a uma despesa de sinistro de R$669,6 milhões, já em linha com a tendência de redução da sinistralidade esperada pela companhia.

O resultado antes dos Impostos ficou positivo em R$ 29,3 milhões, uma melhora em relação a fevereiro de 2020, que apresentou resultado negativo de R$ 8,7 milhões.

No bimestre, o resultado antes dos impostos foi positivo em R$ 59,3 milhões, comparado a um resultado negativo de R$198,9 milhões no mesmo período de 2020.

O lucro líquido de R$ 20,8 milhões ante um lucro líquido em fevereiro de 2020 de R$ 0,7 milhão. No acumulado do bimestre, o lucro líquido acumulado de R$ 38,8 milhões ante um prejuízo líquido no mesmo período de 2020 de R$ 131,3 milhões.

Observa-se que no primeiro bimestre de 2020 houve um ganho de capital referente à venda de participação em shoppings centers no montante de R$ 169,4 milhões.

Veja o comunicado:

IRB Brasil (IRBR3) reporta queda de 12,3% no faturamento bruto de fevereiro

Veja IRBR3 na Bolsa:

  • Só clique aqui se já for investidor

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais