Cyrela (CYRE3) registra queda de 60% em lançamentos no 1º tri, e anuncia debêntures

A companhia lançou seis empreendimentos entre janeiro e março

A Cyrela (CYRE3) reportou R$ 421 milhões em volume de lançamentos no primeiro trimestre de 2021, queda de 60,4% ante o mesmo período de 2020.

Segundo a prévia operacional da empresa, divulgada na segunda-feira, 12, a companhia lançou seis empreendimentos entre janeiro e março, oito a menos que no mesmo intervalo do ano passado.

As vendas líquidas contratadas no quarto trimestre somaram R$ 1,031 bilhão, valor 21,9% superior ao registrado no mesmo intervalo do ano anterior, mas 44,6% abaixo do quarto trimestre de 2020.

A participação da companhia nas vendas contratadas foi de 88% no período, superior aos 81% do mesmo trimestre de 2020.

Das vendas líquidas realizadas no quarto trimestre, R$ 201 milhões se referem à venda de estoque pronto (19%), R$ 659 milhões à venda de estoque em construção (64%) e R$ 172 milhões à venda de lançamentos (17%). Dessa forma, a Cyrela atingiu uma velocidade de vendas (VSO) de lançamentos de 40,7% no período.

Cyrela (CYRE3) registra queda de 60% em lançamentos no 1º tri, e anuncia debêntures

Cyrela

O Conselho de administração da companhia aprovou a 14ª emissão de debêntures no valor de R$ 600 milhões.

Segundo a empresa, serão emitidas 600 mil debêntures com valor nominal unitário de R$ 1.000,00.

As debêntures, não conversíveis em ações, terão prazo de vencimento de 5 anos contados da data de emissão, vencendo-se, portanto, em 17 de maio de 2026.

Os recursos obtidos pela companhia por meio da Oferta Restrita serão destinados ao reforço de capital de giro da Cyrela.

A emissão será realizada em série única.

Veja CYRE3 na Bolsa:

  • Só clique aqui se já for investidor

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais