Caixa pagará R$ 8,1 bilhões em lucros do FGTS até o final de agosto; veja quem recebe

Essa distribuição disponibiliza ao trabalhador um lucro de 0,4% perante a inflação

Nesta terça-feira (17), a Caixa Econômica Federal informou que irá pagar, até o final deste mês, um valor de  R$ 8,129 bilhões aos trabalhadores com conta vinculada ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Sendo assim, os recursos representam cerca de 96% do lucro líquido de 2020, quando o fundo conseguiu R$ 8,467 bilhões.

Histórico de distribuição

A distribuição acontece desde de 2017. Em resumo, o processo ocorre de maneira proporcional ao saldo disponível na conta do trabalhador no último dia do ano anterior.

Desse modo, quanto maior o saldo, maior o lucro recebido. Logo, nesse ano, serão cerca de 191,2 milhões de contas, com saldo total de R$ 436,2 bilhões. 

O intuito deste depósito é conservar o poder de compra do cotista e estimular a correção dos recursos sob as contas vinculadas do FGTS. Assim, tornando-as mais atrativas aos brasileiros. 

Nos anos de 2017 e 2018, a Lei 8.036/1990 determinou a distribuição de 50% do lucro do FGTS no ano anterior aos trabalhadores.

Já em 2019, na lei que estabeleceu o saque-aniversário, foi aprovado pelo Congresso a distribuição de 100% do lucro. Contudo, o presidente Jair Bolsonaro vetou. Assim, a cada ano o percentual é aprovado pelo Conselho Curador do FGTS.

Caixa pagará R$ 8,1 bilhões em lucros do FGTS até o final de agosto; veja quem recebe
Caixa Econômica Federal

Depósito do FGTS em 2020

Nesta terça-feira (17), o Conselho Curador do FGTS, constituído pelos representantes dos trabalhadores, do governo e das empresas, aprovou o percentual de distribuição.

Logo, esse compartilhamento disponibiliza ao trabalhador um lucro de 0,4% perante a inflação de 4,52% em 2020, segundo o Ministério da Economia e o Ministério do Trabalho e Previdência.

No entanto, devido à rentabilidade fixa de 3% ao ano, os rendimentos do FGTS ficam maiores com a distribuição dos lucros. Portanto, a rentabilidade das contas chega a 4,92%, baseada em 2020.

A partir de 31 de agosto, o valor do crédito da distribuição dos lucros estará disponível aos trabalhadores brasileiros no próprio site do FGTS ou aplicativo.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais