XP adquire parcela da Levante, aumentando sua presença no mercado brasileiro de research

Os fundadores e administradores da casa de análise seguirão à frente na gestão da Levante

Na manhã desta segunda-feira (2), o grupo XP anunciou sua nova aquisição, uma parcela minoritária da casa de análise de investimentos independente Levante.

Desse modo, a nova compra fortalece a oferta de conteúdos da XP Inc. aos investidores. Além disso, aumenta sua presença nas casas de análises. Quanto ao valor da compra, nada foi revelado.

Quem é a Levante?

Em suma, a Levante foi fundada em 2018, destinada à produção de conteúdos relacionados ao mercado de ações e investimentos. Assim, a companhia engloba 100 colaboradores, possui cerca de 40 mil clientes e mais de 1 milhão de leitores.

Além da produção de conteúdos direcionado ao investidor institucional e pessoa física, a casa de análise contém uma gestora de recursos e uma companhia que fornece ratings (avaliação realizada pelo mercado do risco de crédito) para fundos tradicionais, a Levante Advice.

Logo, a companhia possui um acordo com o Mercado News, portal de notícias focado em finanças.

XP adquire parcela da Levante, aumentando sua presença no mercado brasileiro de research
Logomarca do grupo XP

Levante com XP Inc.

No entanto, apesar de uma fatia pertencer à XP, a Levante garante total independência. Posto que, os fundadores e administradores da casa de análise seguirão à frente da gestão.

A princípio, com os novos aportes destinados à Levante, a casa de análise estima ampliar cada vez mais o desenvolvimento em outros mercados. Por exemplo, a Levante Corp, nova gestora de recursos, casa de research destinada aos investidores e assessores.

“A nossa missão é transformar a vida financeira das pessoas por meio de conhecimento. Acreditamos que a nossa parceria com a Levante vai acelerar esse processo, beneficiando não só os nossos clientes, mas todos os investidores brasileiros”, diz Karel Luketic, sócio da XP Inc.

Por fim, em 2020, a receita da Levante sofreu um crescimento agressivo, triplicando o lucro em relação a 2019. Logo, este ano a casa planeja alcançar 50 mil assinaturas.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais