O aumento da volatilidade do mercado, diante do aumento dos temores em relação à segunda onda de contágio do covid-19, fez mais uma vítima entre as candidatas a estrear na B3: a Wine.

Segundo o Estadão, o e-commerce de vinhos Wine, que precificaria sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla e inglês) no começo da próxima semana, acabou de cancelar sua oferta, alegando as condições de mercado.

Dentre os sócios da Wine, estão a Orbeat e o family office do Abilio Diniz, a Península. A oferta era estimada em R$ 1 bilhão. Procurada, a Wine não comentou.

B3

Wine: mercado seletivo

Com o mercado muito seletivo e muitas ofertas na rua, o número de desistência de empresas para realizarem a oferta vem aumentando.

Com a Wine, já são 15 nas últimas semanas. No entanto a janela segue aberta e o ano já é de recorde de emissão de ações na B3: o volume já supera os R$ 95 bilhões, ante R$ 90 bilhões ano passado, o antigo recorde.

BDRs

Desde ontem 23 Brazilian Depositary Receipts (BDRs), ou recibos de ações de empresas internacionais, negociados na B3 passam a ser negociados com preços mais retorno, após desdobramento.

Dentre os BDRs que foram desdobrados, há casos de gigantes do setor financeiro como Bank of America (BOAC34), ativos passarão a ser vendidos por volta de 34 reais a unidade, Citigroup (CTGP34), por volta de 40 reais, e Wells Fargo (WFCO34), na casa dos 31 reais. No setor de bebidas, a controladora da Ambev, a AB Inbev (ABUD34), que reportou balanço esta manhã, passa a ser cotada perto de 51 reais por ativo.

Destaques

Ainda entre os destaques, há também nomes como Pfizer (PFIZ34), Uber (U1BE34), General Motors (GMCO34) e Booking (BKNG34), que deixam de ser negociados na casa dos três antes e os encontrados na abertura de hoje a menos de R$ 55.

Desde a última quinta-feira , 22, as alterações dos BDRs na B3 estão liberadas para o investidor pessoa física, lembrando que até então esse tipo de investimento era restrito aos investidores contratados, com mais de 1 milhão em aplicações.

Pequeno investidor

No mesmo sentido, também para facilitar o acesso ao pequeno investidor, a Bolsa anunciou uma redução do lote padrão dos BDRs. A quantidade mínima negociada de BDRs Não Patrocinados (quando a empresa não tem vínculo com a emissão desse ativo) Nível I passou de 10 para uma unidade, enquanto de BDRs Patrocinados Nível II e III passou de 100 unidades para uma unidade. Atualmente, estão disponíveis mais de 600 BDRs na B3.

https://youtu.be/B5QuNLdWzBA
Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: