Vivara (VIVA3) reporta lucro líquido de R$93,2 mi no 4º tri, alta de 0,6%

A Vivara (VIVA3) reportou lucro líquido de R$ 93,2 milhões no quarto trimestre de 2020, alta de 0,6% ante igual período do ano anterior, conforme relatório encaminhado ao mercado.

De acordo com o documento, o resultado é reflexo do desempenho operacional do período, que compensou o menor volume de correção monetária e o menor imposto diferido.

A rede de lojas de joias gerou R$ 56,4 milhões de caixa livre no período, R$ 113,2 milhões acima do último trimestre de 2019, “principalmente pela menor alocação de capital de giro e menor volume de investimentos”.

O Ebitda (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) avançou 15,6% e chegou a R$ 137,4 milhões. O número representa um aumento de 0,6 ponto percentual na margem na comparação com um ano antes, a 29,8%.

Vivara (VIVA3) anuncia pagamento de R$25 mi em juros sobre capital próprio

Vivara

No final do ano passado a companhia surpreendeu ao anunciar o pagamento de R$ 25 milhões em juros sobre o capital próprio.

O valor corresponde, à época, estava em R$ 0,1058435061 por ação ordinária. As ações passaram a ser negociadas “ex-direito” aos JCP a partir do dia 30 de dezembro de 2020.

Para a XP Investimentos, a companhia está caminhando para um futuro brilhante. Na visão deles, a empresa reportou resultados acima do consenso no terceiro trimestre, com melhora nas vendas ao longo do trimestre.

A joalheria lucrou R$ 36 milhões no terceiro trimestre de 2020, queda de 8,7% em relação ao mesmo período do ano passado.

Por outro lado, a receita líquida subiu 1%, para R$ 242 milhões, ante R$ 240 milhões do ano passado. O Ebitda variou positivamente em 0,4%, para R$ 63 milhões. A margem Ebitda ficou em 26,2%.

Veja VIVA3 na Bolsa:

  • Só clique aqui se já for investidor

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais