A Vale (VALE3) informou que suspendeu a disposição de rejeitos e a realização de obras em sua barragem B7 e, consequentemente, as operações da usina de concentração de Viga, em Congonhas (MG), para cumprir uma decisão judicial.

“O impacto estimado da paralisação temporária das operações de Viga é de aproximadamente 11 mil toneladas de finos de minério de ferro por dia”, afirmou a companhia, que acrescentou que “contestará a decisão judicial”.

Segundo a Reuters, a suspensão das atividades ocorreu na noite de 24 de setembro, após decisão de juiz em ação civil pública ajuizada pelo município de Jeceaba.

A empresa defendeu que “a unidade operacional de Viga preenche os requisitos necessários para a expedição do alvará de funcionamento da barragem B7”.

Vale (VALE3): lucro líquido de US$ 995 mi no 2º tri e política de dividendos

Indenização

Uma mulher que fazia faxina na república onde moravam trabalhadores da Vale que morreram na tragédia em Brumadinho, em janeiro do ano passado, deverá ser indenizada em R$ 58,5 mil por danos morais.

De acordo com a Justiça do Trabalho, a faxineira alegou ter ficado abalada psicologicamente após a morte de três trabalhadores que ela considerava como amigos.

Além disso, o sobrinho e vizinhos da faxineira morreram após o rompimento da barragem da Mina do Córrego do Feijão, em Brumadinho.

No total, 259 morreram e outras 11 permanecem desaparecidas. Mas as perdas do parente e dos vizinhos não foram levadas em conta na decisão judicial.

Em sua defesa, a Vale afirmou que as atividades da mina foram autorizadas pelos órgãos competentes e estavam em consonância com a legislação em vigor.

Argumentou, ainda, que o suposto dano moral não possui relação com o contrato de trabalho da reclamante, que era funcionária de uma empresa terceirizada.

A desembargadora relatora Maria Cecília Alves Pinto reconheceu que a faxineira provou o dano moral sofrido diante do luto diário vivenciado, no local de trabalho, com a morte dos amigos.

Para ela, a Vale também tem responsabilidade pelos danos causados nos funcionários das empresas terceirizadas.

Veja VALE3 na Bolsa:

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: