Vale a pena investir nos Estados Unidos com a inflação em alta no país?

Especialistas pontuam os setores e ativos que devem ser boas apostas dentro do mercado norte-americano

Não é só o Brasil que passa por problemas com a Inflação. Os Estados Unidos também vem enfrentando uma taxa inflacionária muito maior do que a de costume.

De acordo com o Departamento do Trabalho norte-americano, o índice de preços ao consumidor subiu 0,4% em setembro, após uma alta de 0,3% em agosto. Além disso, nos últimos 12 meses, o índice teve aumento de 5,4%.

Para Rodrigo Lima, analista de investimentos da Stake, esse cenário pode ser prejudicial para a economia da maior potência do mundo, mas benéfica para alguns investimentos.

 Sendo assim, descubra quais investimentos podem se beneficiar desse aumento da inflação nos EUA:

Motivos da alta

Assim como no Brasil, a alta da inflação nos Estados Unidos não tem uma única razão. Isso porque é possível observar uma série de fatores que influenciam o aumento.

Dessa maneira, a própria pandemia é um fator agravante. Além disso, os preços de commodities, por exemplo, aumentaram exponencialmente no mercado mundial, assim como o preço do petróleo , que está bem maior do que o padrão do início de 2021.

Outra questão é o auxílio emergencial liberado pelo presidente Joe Biden durante a pandemia. Este acabou injetando cerca de US$ 800 bilhões na economia norte-americana. Além dela, também houve uma quantia direcionada ao auxílio financeiro de pessoas desempregadas, assim como empréstimos e subsídios fornecidos a proprietários de pequenas empresas.

Vale a pena investir agora?

De acordo com Rodrigo Lima, esse é o momento ideal para começar a investir na maior potência mundial.

“A bolsa americana vinha de uma sequência de altas. Estava há quase sete meses sem uma queda, mas setembro foi um mês bem ruim para os mercados internacionais como um todo. Contudo, o país tem algumas das principais empresas do mundo, com forte geração de caixa, e o S&P 500 ainda está bem distante da máxima de preços de lucro que já chegou a negociar”, afirma o analista.

Além disso, na pandemia, muitas empresas acabaram quebrando ou tendo seus caixas comprometidos. Dessa forma, nesse período de retomada econômica e recuperação da inflação, é possível que a lucratividade dessas companhias volte a subir em breve.

Vale a pena investir nos Estados Unidos com a alta da inflação no país?
Ilustração investimentos nos EUA

Como investir ?

Há algumas maneiras de investir no mercado norte-americano sem ter que trocar o real pelo dólar ou sair do país. No entanto, antes de investir, é necessário verificar de forma mais profunda as características de cada tipo de aplicação.

BDR

Os Brazilian Depositary Receipts (BDRs) nada mais são do que certificados de ações que foram emitidas por outros países como, por exemplo, os Estados Unidos.

Entretanto, mesmo sendo ações de outras bolsas, é possível negociar esses ativos aqui mesmo, na Bolsa de Valores brasileira (B3).

ETF

Outra maneira de investir no exterior são os ETFs, ou simplesmente fundos de índice, que são um tipo de investimento de renda variável. Na prática, vários investidores, como em um condomínio, aplicam no mesmo lugar.

Dessa forma, a negociação acontece na Bolsa de Valores (B3). Já o desempenho do ativo, se replica através de um índice de referência, que pode ser de alguma bolsa estrangeira, como as norte-americanas.

Fundos de Câmbio

Os fundos cambiais são exatamente o que seu nome diz ser. Assim como um fundo de investimento, este pega cerca de 80% do seu patrimônio e investe em moedas estrangeiras.

Dessa maneira, a maioria desses fundos acabam sendo atrelados a moedas sólidas como o dólar ou ao euro. Portanto, para investir nesse modelo de aplicação, basta procurar uma corretora ou banco de investimentos.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais