Semana dos IPOs: ações da Smart Fit, CBA e Multilaser podem movimentar até R$ 250 bilhões

Mesmo depois da queda recente do Ibovespa, o mercado voltou a ficar animado devido as ofertas públicas iniciais das empresas bem avaliadas por gestoras e investidores

A segunda semana de julho começou animada para a Bolsa de Valores brasileira (B3), com um calendário agitado após o recesso de feriado. Nesta segunda-feira (12), o mercado está de olho nos IPOs (Oferta Pública Inicial) que estão por vir.

Dessa forma, as ofertas prometem movimentar até R$ 250 bilhões na Bolsa, que fechou em queda, na casa dos 125 mil pontos. Além disso, os IPOs foram aquecidos por serem bem avaliadas por gestoras e grandes investidores.

Quatro IPOs em uma semana

A CBA (Companhia Brasileira de Alumínio), da companhia Votorantim, está entre as quatro empresas aguardadas para definição do preço de seus IPOs ainda esta semana.

Portanto, de acordo com alguns especialistas, com a média de preços da faixa indicativa de ações, considerando a colocação do lote básico, a oferta pública da CBA poderá chegar a movimentar cerca de R$ 2 bilhões.

Além disso, tem também o IPO da Smart Fit para esta semana, que apesar de passar por um processo judicial entre os sócios, é previsto que movimente R$ 2 bilhões, assim como a oferta da Multilaser.

Por último, porém não menos importante, terá o follow on da Méliuz (CASH3), que promete gerar R$ 1 bilhão.

Semana agitada na B3: IPOs da Smart Fit, CBA e Multilaser podem movimentar até R$ 250 bi
Empresas que irão definir seus IPOs essa semana: Smart, Multilaser, CBA e Meliuz

2021 é o ano das Ofertas Públicas

Só em 2021, mais de 29 IPOs já foram lançados na país. Isso é um verdadeiro recorde para a B3, que superou o seu melhor ano nesse sentido, que foi em 2020.

No ano passado, houve 28 lançamentos de ações  na Bolsa de Valores e 23 follow ons (ações secundárias). Além disso, já foram feitas 16 ofertas subsequentes de ações em 2021.

Só nesta semana, a previsão é que haja a precificação das quatro empresas citadas acima. Com isso, esses IPOs devem movimentar R$ 10 bilhões no mercado.

No entanto, considerando todas as 22 ofertas que são aguardadas (16 com previsão para precificação até 5 de agosto e outras seis aguardando confirmação), a movimentação total pode passar dos R$ 40 bilhões.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais