“O momento é muito oportuno para se desfazer de ativos em dólar. Temos mais espaço para o dólar cair do que para subir”

O dólar se encontra no patamar mais alto do ano. Com o cenário internacional em crise, e o risco de uma recessão global, os investidores estão em busca de segurança o que na prática significa comprar títulos do governo americano. Com o câmbio tão alto, muitos brasileiros estão “repatriando” investimentos que antes estavam no exterior, aproveitando o alto valor pago pela moeda americana em relação ao real e o momento de baixa da Bolsa brasileira. Fernando Bergallo, Diretor de Câmbio da FB Capital, falou sobre as possibilidades de mercado, mesmo com a crise mundial. “A conjuntura do cenário doméstico é favorável, com um governo conseguindo concretizar as ações que propõe na área econômica. O que faz ter a percepção de que a Bolsa está barata e que deve haver um fluxo de capital para o país muito em breve”, diz.

O Diretor de Câmbio explica que está ocorrendo uma tendência de venda de dólares agora que o valor da moeda está alto em relação ao real. “Está sendo possível ver muitas operações de entrada, ou seja, gente se desfazendo de dólar em troca de reais. O motivo é que temos a percepção de que o dólar está muito acima do que deveria”, comenta. Segundo Bergallo, o cenário externo está complicado no momento, com muitos investidores procurando por segurança, se desfazendo de posições de risco, o que resulta no momento de baixa na Bolsa brasileira. “Não há liquidez no mercado internacional. Existe um movimento de retração, então há menos dinheiro disponível no mercado circular. Neste caso, um eventual fluxo de dinheiro para o Brasil fica prejudicado. Agora, isso deve passar, com o acordo comercial dos EUA e China sendo fechado. Existe de fato uma desaceleração global que tem preocupado muito o mundo, mas isso é cíclico e logo devemos retomar o crescimento”, explica.

Para Fernando apesar do momento de alta o valor do dólar deve seguir as projeções. “O boletim Focus, por exemplo, ficou indicado pela grande maioria dos agentes econômicos que o dólar ficaria em R$ 3,80 até o final do ano”, ressalta. A combinação torna o momento ideal para investir no Brasil, tanto no dólar quanto na Bolsa brasileira. “O momento é muito oportuno para se desfazer de ativos em dólar. Temos mais espaço para o dólar cair do que para subir. Além disso, temos lugar para investir na Bolsa que está barata em real e mais barata ainda na moeda americana. É por isso que temos muitas pessoas colocando em prática essas ações e aproveitando a oportunidade”, finaliza.

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: