Isa Cteep (TRPL4) tem queda de 73% no lucro do segundo trimestre; entenda o motivo

A receita operacional bruta da empresa chegou a R$ 922,1 milhões no período, o que equivale a uma queda de 45,8%

Na última quinta-feira (29), a Isa Cteep (TRPL4), empresa transmissora de energia, informou ao mercado um lucro líquido de R$ 248 milhões no segundo trimestre de 2021.

O número representa uma queda de 73% em comparação com o mesmo período do ano passado. De acordo com a companhia, a queda é resultado de eventos que beneficiam os ganhos de 2020 e que acabaram não se repetindo.

Por exemplo, a revisão tarifária, como mostra o documento que enumera as informações operacionais do segundo trimestre.

Tarifas e investimentos

De acordo com a Isa Cteep, esses resultados são explicados pela Parcela de Ajuste (PA) referente à Revisão Tarifária Periódica (RTP).

Além disso, outro fator é a renovação do contrato e remuneração do componente financeiro da RBSE, instalações componentes da Rede Básica (definidas pela Aneel).

“Esse resultado deve-se ao impacto positivo do ciclo da RAP 2020/2021 (Receita Anual Permitida), que levava em conta a variação positiva do IPCA e os impactos da da Revisão Tarifária Periódica”, afirma a Isa Cteep.

Além disso, eles consideram a entrada em operação de projetos de reforços. Do mesmo modo, veem as melhorias dos projetos greenfield energizados no último ano.

A companhia frisou que pretende concluir a compra da empresa Piratininga–Bandeirantes, transmissora de energia, depois dos resultados financeiros.

Isa Cteep (TRPL4) tem queda de 73,01% em seu lucro no segundo trimestre
Isa Ctee, empresa transmissora de energia

Sobre a empresa

A Isa Cteep é uma das principais empresas de energia elétrica do país. Sendo assim, a mesma chega a transmitir cerca de 25% do que é produzido no Brasil. Assim como, quase 60% do que é consumido na região Sudeste.

No ano de 2015, sua receita líquida alcançou o valor de R$ 1.287,1 milhões. Já o Ebitda, ficou em R$ 655 milhões, com lucro bruto de R$ 517,2 milhões.

Além disso, grande parte de suas instalações estão no maior centro de consumo brasileiro. A transmissora de energia também possui ativos próprios. Isso porque, por meio de coligadas, a empresa se encontra presente em 16 estados.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais