Santander (SANB11) bate lucro recorde de R$ 4,1 bilhões no 2° semestre, superando as expectativa do mercado

O número representa um aumento de 95,3% sobre o lucro obtido no mesmo período do ano passado

O Grupo Santander Brasil (SANB11) anunciou um lucro recorde no segundo semestre de 2021. O valor chegou a R$ 4,171 bilhões, o maior nível da história da instituição.

Esse número representa um aumento de 95,3% sobre o lucro obtido no mesmo período do ano passado, e um avanço de 1,4% em relação ao trimestre anterior. Portanto, o resultado acabou sendo uma surpresa para os especialistas, que projetavam um ganho inferior de R$ 3,804 bilhões.

“Em março, registramos uma ótima dinâmica de negócios, com recorde de produção em diversos produtos, como consignado, venda de cartões de crédito, financiamento de bens e consumo, entre outros”, afirmou Sergio Rial, presidente do banco Santander.

3° maior banco privado do Brasil

O Santander é o terceiro maior banco privado do país em ativos. Dessa forma, só no primeiro trimestre  de 2021, a instituição financeira contabilizou uma margem bruta de R$ 13,422 bilhões.

No entanto, a subsidiária brasileira do banco espanhol fechou o primeiro semestre de 2021 com um total de R$ 940,912 bilhões de ativos. Isso equivale a uma queda de 4,74% em comparação aos resultados de 2020, que ficaram em R$ 987,679 bilhões, mesmo diante da crise causada pela Covid-19. 

Em suma, os resultados do Santander foram positivos. No segundo trimestre deste ano, o lucro líquido ficou em 2,07 bilhões de euros, equivalente a US$ 2,45 bilhões. Isso representa uma reviravolta para o banco, que havia registrado prejuízo líquido de 11,13 bilhões de euros em 2020, devido à pandemia.

Banco Santander (SANB11) bate lucro recorde de R$ 4,1 bilhões no 2° semestre do ano
Prédio do Banco Santander

Tempos de crise

Em contraste com o lucro recorde, o Grupo Santander acabou fechando 54 agências no segundo trimestre de 2021. Em relação a resultados anuais, o banco desligou cerca de 144 unidades.

Dessa forma, mesmo que a rede física da instituição financeira tenha diminuído, o Santander acaba reforçando seu quadro de funcionários, que adicionou mais de 1.600 pessoas em relação ao primeiro semestre do ano.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais