Guide divulga carteira mensal de fundos imobiliários (FIIS)

A Guide Investimentos divulgou sua carteira de fundos imobiliários (FIIS) válida para o mês de março, conforme relatório encaminhado ao mercado.

De acordo com os últimos dados da B3, no mês de janeiro de 2021 o segmento atingiu um volume negociado de R$ 5,5 bilhões, representando uma queda de 21% na comparação com o mesmo período de 2020.

Já o Patrimônio Líquido continuou crescendo, totalizando R$ 135 bilhões, enquanto o setor continuou a provar sua atratividade frente ao cenário de juros baixos, atingindo a marca de 1,2 milhão de investidores, o que representa um aumento de 34% comparado a janeiro de 2020.

Guide Investimentos divulga sua carteira mensal de fundos de investimento imobiliário (FIIS)

FIIS: a carteira

Segundo a gestora, em fevereiro o IFIX apresentou desempenho positivo, subindo 0,2% com destaque para os fundos de recebíveis imobiliários que continuaram chamando atenção pelos Dividend Yields (10% DY médio vs. 6,5% IFIX) beneficiados pelos repasses de inflação. “Nossa carteira teve performance positiva de 0,5%, 0,3 p.p. acima do IFIX”, disse o analista Luis Sales.

Apesar do bom desempenho do IFIX frente ao Ibovespa, o fluxo de notícias continuou trazendo preocupações e incertezas aos investidores conforme a curva de novos casos de Covid-19 se acentuou ao mesmo passo que houve uma grande desaceleração no programa de vacinação.

“Retomada da quarentena também trouxe impactos expressivos para shoppings e lajes, que tiveram a pior performance entre os setores do índice. Discussões no âmbito político voltaram aos holofotes com o debate sobre a retomada do auxílio emergencial e agravamento do risco fiscal e a intervenção do Presidente Jair Bolsonaro no comando da Petrobrás, que trouxe um mal-estar generalizado no mercado de renda variável, sinalizando uma possível mudança de diretriz econômica do governo federal”, destacou.

E frisou: “selecionamos 10 fundos para a carteira de março, com diversificação setorial, perfil defensivo e equilíbrio entre renda e ganho de capital, em linha com o que acreditamos oferecer as melhores oportunidades para se estar posicionado dentro do universo de Fundos Imobiliários no mês. Considerando uma média ponderada por pesos, nossa carteira apresenta um Dividend Yield de 7,5% e VM/VP de 0,97x respectivamente.”

Para março

Com o agravamento da pandemia causado pelo aumento de novos casos, a mutação brasileira do vírus Sars-coV 2 resultando em uma variante mais contagiosa da doença se espalhando para os demais Estados e novas restrições impostas pelos governadores, em especial São Paulo, a Guide diz acreditar que, em março, os investidores devem continuar olhando o setor de Fundos Imobiliários com cautela, priorizando setores com perfil mais defensivo (galpões e recebíveis) e se afastando de setores cujo modelo operacional exige maior exposição do público ao vírus (lajes e shoppings).

“Frente a um cenário mais desafiador, enxergamos nossa carteira com perfil defensivo e bem posicionada em segmentos estratégicos, com risco mínimo de redução de renda e potencial para valorização.”

  • Só clique aqui se já for investidor

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Leia mais