A Gol (GOLL4) se tornou nesta quarta-feira (9) a primeira companhia aérea do mundo a voar comercialmente com o Boeing 737 MAX desde que a aeronave foi suspensa após duas quedas que mataram centenas de pessoas na Etiópia e na Indonésia há 20 meses.

O primeiro voo da Gol com o 737 MAX ocorre após adaptações de segurança da aeronave exigidas por autoridades aéreas após as quedas, foi entre São Paulo e Porto Alegre, segundo dados do FlightRadar24, site que monitora rotas de aviões. A aeronave da Gol deve retornar a São Paulo no final do dia.

Gol (GOLL4) registra na SEC pedido para oferta de ADS
Gol (GOLL4) registra na SEC pedido para oferta de ADS

GOLL4: Anac

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) suspendeu a proibição de voos do MAX no final de novembro, após uma decisão semelhante da Administração Federal de Aviação (FAA) dos Estados Unidos.

Os voos são um marco importante para a Boeing, que há muito tempo vinha tentando retomar a operação do jato, atrasando sua meta inicial no final de 2019.

American Airlines

A American Airlines deve ser a próxima companhia aérea a retomar os voos com o MAX, em 29 de dezembro.

A Gol, que encomendou mais de 100 aviões MAX da Boeing, não fez comentários imediatos.

Smiles

A aérea anunciou nesta segunda-feira (7) nova proposta de incorporação da Smiles, com prêmio de apenas cerca de 2,7% em relação ao fechamento de sexta-feira, mas com a relação de troca mais flexível, conforme busca atravessar o que chama de “condições de mercado incertas”.

De acordo com os novos termos propostos, cada ação ordinária da Smiles dará ao titular o direito de receber 0,825 ação preferencial da Gol ou R$ 22,32 ou uma combinação de ação PN da Gol e dinheiro.

“As escolhas dos acionistas estarão sujeitas a determinados ajustes, de forma que nenhum acionista receberá mais de 80% de sua consideração em ações preferenciais da Gol ou em dinheiro”, afirmou a companhia aérea”.

Veja GOLL4 na Bolsa:

https://youtu.be/On4ykhh2m9k
Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: