Fundos multimercado: entenda o que são e como investir com apenas R$ 10

Essas aplicações podem ser boas alternativas para investidores que buscam diversificação

Todo grande investidor diz que diversificação na carteira de investimentos é importante. Isso porque, quando algum setor fica em desvantagem e cai, outro pode se manter estável e até subir.

Dessa forma, mesmo que a pessoa perca dinheiro em determinada aplicação, isso não será o suficiente para quebrá-la. Nesse cenário, os fundos multimercado chamam atenção por serem a própria definição de diversificação.

Veja como esse tipo de fundo funciona e como é possível começar a investir com apenas R$ 10:

O que são?

Como o próprio nome já sugere, um fundo multimercado é um dos milhares de tipos de fundos de investimentos que existem.

Vale lembrar que um fundo contém vários investidores. Estas pessoas aplicam uma certa quantia, que será administrada por um gestor, em diversos tipos de investimentos, podendo ser de renda fixa ou variável.

Como funciona?

Dessa forma, nosso protagonista, o fundo multimercado, tem como principal característica conter ativos de diversos setores. Isso só acontece porque, diferente dos outros fundos, ele não segue regras de porcentual nem um segmento específico.

Em suma, esse tipo de fundo pode se colocar na renda fixa, renda variável ou até mesmo se expor ao câmbio. Dessa forma, é um tipo de investimento que permite uma liberdade maior e um amplo leque de estratégias.

Leia também

Fundos multimercado: entenda o que são e como investir com apenas R$ 10
Ilustração fundos de multimercado

Vantagens

A princípio, a maior vantagem desse tipo de fundo é a possibilidade de investir de forma coletiva e com o auxílio de um gestor profissional. Portanto, o investidor não tem a necessidade de se envolver com a negociação dos ativos que compõem o portfólio do fundo.

Além disso, a diversificação também é um ponto característico que permite estratégias variadas. Por último, a variedade de fundos disponíveis também pode ser uma vantagem.

Opções a partir de R$ 10

Conhecendo melhor esses fundos, para investir, basta procurar uma corretora que faça esse tipo de aplicação. Dessa maneira, ao entrar em contato com ela, a mesma vai apresentar as características de seus fundos multimercado, e as estratégias usadas pelo gestor.

Um exemplo é a corretora e banco de investimentos Modalmais (MODL11). A instituição possui algumas opções de fundos de investimento, entre elas, alguns com aporte mínimo de R$ 10.

No fundo Modalmais Lion FIM CP, a principal classe é a renda fixa, com investimentos em CDI. De acordo com a empresa, esse tipo de fundo chega a render 0,23% ao mês. Além disso, o patrimônio atual conta com R$ 85,41 milhões.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais