Definitivamente o ano de 2020 foi cenário de grandes emoções no mercado de capitais brasileiro (B3). Isso porque com a chegada da pandemia ao país, em meados de fevereiro, os bancos assistiram a uma fuga de capital, ou seja, investidores estrangeiros sacando grandes quantias como forma de se precaver ante o que estava por vir.

Entretanto, ainda em 2020, eles voltaram com força ao país, mais para o fim daquele ano, conforme dados da B3, cuja injeção de capital externo no terceiro trimestre alcançou R$ 56 bilhões, boa parte impulsionada pelas expectativas de vacinação em massa.

Ainda assim, no computo geral o saldo ficou negativo em R$ 31,8 bilhões. Porém, o movimento iniciado no final de 2020 tende a se acentuar este ano. Ao menos é o que o mercado espera: uma seta ascendente.

De acordo com analistas, os investidores estrangeiros voltaram atraídos por mais rentabilidade e diversificação de carteira, principalmente por conta de um período “pós-pandemia”.

Entretanto, tudo não passa de especulação, mas o otimismo no mercado é contagiante, mesmo diante de novos desafios como a mutação do novo coronavírus que já foi supostamente encontrada em solo brasileiro. O prognóstico também vai contra os novos lockdowns anunciados em algumas regiões do país.

Ainda de acordo com a B3, os estrangeiros possuem, atualmente, R$ 1,1 trilhão investidos no Brasil.

Aumento da liquidez na Bolsa: VVAR3 negocia mais que PETR4, diz CEO da SmartBrain

B3: ações mais recomendadas para janeiro

As ações da B3 (B3SA3) e da Vale (VALE3) lideram o ranking das recomendações de bancos, corretoras e casas de análise para o primeiro mês de 2021. Os papéis foram citados, respectivamente, em 12 e 11 das 18 carteiras consultadas pela EXAME Invest.

Outro destaque são as ações da Petrobras (PETR4) e da Via Varejo (VVAR3) que tiveram nove e oito indicações cada uma.

As carteiras mensais divulgadas têm a mesma quantidade de ações para permitir uma comparação de desempenho mais justa. Os papéis indicados no início de cada mês não podem ser substituídos posteriormente — ou seja, não é permitido que haja trocas nas carteiras ao longo do mês.

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: