A Yduqs (YDUQ3) comunicou nesta segunda-feira (14) que avalia ter condições de apresentar proposta concorrente mais atraente pelos ativos do Grupo Laureate no Brasil.

A empresa se posicionou após a Ser Educacional (SEER3) anunciar que assinou contrato para aquisição das exigidas operações por valor estimado em R$ 4 bilhões.

Segundo a Reuters, a companhia afirmou em fato relevante à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) que “acredita ter condições de apresentar proposta concorrente mais atraente dentro do prazo estabelecido para o ‘go-shop’”.

Yduqs

YDUQ3: transação

De acordo com os detalhes da transação entre a Ser e a Laureate, foi facultado à Laureate mecanismo chamado ‘go shop’, por meio do qual pode ativamente solicitar e aceitar, até 13 de outubro de 2020, proposta vinculante apresentada por terceiros e seja superior à efetivada pelo Grupo Ser Educacional.

“Havendo proposta vinculante superior nesse prazo, o Grupo Ser Educacional terá ainda a preferência em igualdade de condições, que – se não for exercida – facultará a Laureate terminar a transação, pagando para o Grupo Ser Educacional uma multa contratual rescisória de 180 milhões de reais ”, De acordo com a Ser.

A Yduqs argumentou que os dados públicos divulgados da transação demonstram um forte potencial estratégico e de geração de valor que a combinação dos seus ativos com os da Laureate no país contados.

Ações

As ações da Ser Educacional avançavam mais de 13% pouco depois das 11h30, cotadas a R$ 16,79 após a companhia ter informado ao mercado sua intenção em adquirir a Laureate numa operação avaliada em R$ 4 bilhões.

A Yduqs, que veio a mercado agora pela manhã informando que pode apresentar proposta melhor, subia mais de 6% com o papel cotado a R$ 29,61.

A Laureate é um dos maiores grupos educacionais do país com 267 mil alunos matriculados. Entre suas instituições estão Anhembi Morumbi, FMU (SP), UniRitter (RS), entre outras distribuídas em sete Estados.

Veja YDUQ3 na Bolsa:

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: