Amazon (AMZO34) fecha segundo trimestre com faturamento de US$ 113,08 bilhões, frustando as altas expectativas do mercado

Os investidores não ficaram contentes com os resultados, posto que aguardavam um faturamento similar às gigantes companhias de tecnologia

Na última quinta-feira (29), a Amazon (AMZO34) anunciou a receita líquida registrada no intervalo entre abril e agosto, que chegou aos US $113,08 bilhões. Isto é, um crescimento de 27% em comparação com mesmo trimestre em 2020.

No início da pandemia, perto do segundo trimestre do ano passado, o faturamento da Amazon aumentou 41% em relação aos lucros anteriores.

Entretanto, o mercado internacional esperava resultados melhores, levando em conta os ganhos de outras empresas grandes do setor de tecnologia.

Faturamento do 2T21

Por certo, no primeiro trimestre deste ano, o lucro da Amazon foi de US$ 7,8 bilhões. Em comparação com 2020, houve uma alta de 48,8%.

Em suma, apesar do aumento do faturamento, os investidores não ficaram contentes com os resultados obtidos pela companhia.

Posto que, os acionistas aguardavam um desempenho similar às gigantes companhias de tecnologia, como Microsoft, Apple, Facebook e Google.

Desse modo, após os resultados divulgados, as ações da Amazon negociadas na Nasdaq despencaram 7%.

No entanto, os dados refletem um trimestre após a renúncia de Jeff Bezos como CEO da Amazon, que no dia 5 de junho deixou a companhia para se dedicar à Blue Origin, passando o bastão de CEO para Andy Jassy.

Balanço de outros segmentos

Por conseguinte, outros segmentos da Amazon, como os serviços de publicidade, obtiveram um avanço de 87%, com registro de US$ 7,91 bilhões. Dessa forma, a receita destes setor atingiu um lucro de US$ 7,92 bilhões.

Apesar do mau desempenho, a Amazon Web Services manteve uma forte performance. Visto que, as empresas aceleraram os planos de migração para a nuvem.

Com efeito, no registro da receita deste segmento de US$ 14,8 bilhões no segundo trimestre, em relação ao mesmo período de 2020, atingiu US$ 10,8 bilhões, um aumento de 37%.

Amazon (AMZO34) fecha o segundo trimestre com resultado amargo para o mercado; com faturamento de US$ 113,08 bilhões
Sede da Amazon nos EUA

Expectativas da Amazon

Para o terceiro trimestre, a Amazon projeta um aumento lento da retomada de vendas. Posto que, a companhia enfrenta um cenário de regulamentação das Big Techs (Apple, Google, Amazon, Facebook e Microsoft) e uma desaceleração do aumento de pedidos online, graças a um ano de pandemia.

Em conclusão, para o terceiro trimestre de 2021, prevê uma receita líquida de US $106 bilhões e US$ 112 bilhões, o que representa um crescimento de 10% a 16% em relação ao mesmo período de 2020.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais