O Nubank lançou mais um serviço voltado às finanças. O Data Nubank oferece análises e, em sua primeira edição, publicada neste mês de setembro, abordou como tema o auxílio emergencial.

Segundo a empresa, o objetivo é promover o controle da vida financeira de seus usuários. Com produtos e serviços livres de burocracia ou taxas abusivas, a fintech sae posiciona como uma empresa “humanizada” com atendimento 24h.

“O Nubank também dispõe de um cartão internacional com zero anuidade e a conta digital com rendimento acima da poupança, sendo 100% do Certificado de Depósito Interbancário (CDI)”, informou.

Já o Data Nubank visa tratar de assuntos financeiros de forma descomplicada. Com publicações periódicas, especialistas do Nubank divulgam relatórios e análises importantes para o cenário econômico e o bolso dos clientes.

“Isso tudo com uma linguagem simples e de fácil compreensão”, elencou a empresa.

Nubank rende até 118% do CDI; fintech tem três alternativas de investimento

Primeira edição

Na primeira edição, publicada em setembro deste ano, a startup trouxe um tema que está em destaque no cenário nacional e contempla mais de ⅓ da população brasileira: o auxílio emergencial.

A equipe do Nubank fez um levantamento inédito, entre os dias 20 de abril e 29 de maio de 2020 (quando o benefício ainda podia ser depositado em outras contas, não somente na Caixa Econômico Federal), com cerca de 500 mil clientes que receberam o auxílio na conta do Nubank.

Nubank

Na ocasião, os colaboradores descobriram que os recursos foram empregues para pagar despesas de casa, como compras no supermercado, e também para quitar dívidas, durante a pandemia de covid-19.

Outra observação foi a de que existe um pico no dia de pagamento do benefício, assim como ocorre com o salário. Assim, quando o dinheiro caía na conta, foi observado um aumento de 160% nas operações bancárias – saques, transferências, pagamentos e compras.

Depois desse período, a quantia restante ia sendo empregue de forma gradual. Desse modo, os indicativos apontam que o recurso é usado para necessidades financeiras imediatas.

Cartão de Crédito

Quanto ao cartão de crédito Nubank, a pesquisa não observou alteração. Porém, existe uma explicação para isso. Já que o auxílio possui uma data para encerrar, os beneficiários procuram não se comprometer com parcelas e dívidas, tendo em vista que não terão esse mesmo valor no futuro.

De qualquer modo, cerca de 16% dos usuários do roxinho fizeram o pagamento da fatura imediatamente, assim que o dinheiro era depositado. Também, cresceram as TEDs para demais bancos e instituições financeiras, mais uma vez reforçando a ideia de que o benefício é utilizado para quitar dívidas.

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: